HOME  

AS VOLTAS DA BOLA  

PONTAPÉ NA ATMOSFERA  

PASSA A BOLA  

BOLA EM JOGO  

MERCADO DE TRANSFERÊNCIAS  

domingo, 31 de maio de 2009
Jesualdo mais duas épocas
Jesualdo Ferreira vai continuar no comando da equipa técnica do FC Porto. A confirmação foi dada pelo próprio treinador, que afirmou que, afinal, vai continuar por mais duas épocas.

Jesualdo Ferreira confirmou esta tarde, logo após a conquista da final da Taça de Portugal, no Estádio do Jamor, que tem um acordo com o presidente dos FC Porto, Pinto da Costa, para renovar por mais duas épocas.

"O acordo foi selado com um aperto de mão, ainda não foi assinado", sublinhou o técnico, na conferência de imprensa que se seguiu ao final do encontro com o Paços de Ferreira.

O treinador explicou ainda que a decisão foi tomada no dia do jogo entre com o Manchester United, a contar para a Liga dos Campeões.

"Acordámos que só depois da final da Taça seria anunciado. Foi esse o compromisso que assumi com o presidente do clube", acrescentou.

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:51 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Dobradinha para o Porto!
O FC Porto derrotou hoje o Paços de Ferreira, por 1-0, na final da Taça de Portugal. O golo de Lisandro López, aos seis minutos, deu aos portistas a vitória na competição pela 14.ª vez. Esta é também a sexta vez que o FC Porto vence o campeonato e a Taça na mesma temporada.

Os campeões nacionais iniciaram a partida praticamente a ganhar. Logo na primeira oportunidade, Lisandro López bateu Cássio, após um excelente passe de Raul Meireles. Estavam jogados apenas seis minutos e os portistas comprovavam o favoritismo.

O Paços de Ferreira reagiu depois bem, mas falhou sempre no momento da finalização. O FC Porto também não voltou a acertar nas redes de Cássio, já que Hulk complicou quase sempre na hora de rematar e Raul Meireles acertou no poste já na segunda parte.

Esta é a sexta “dobradinha” da história do FC Porto, depois de ter vencido simultaneamente o campeonato e a Taça nas épocas de 1955/56, 1987/88, 1997/98, 2002/03, 2005/06. Um feito que iguala o número de "dobradinhas" do Sporting.

Aos 63 anos, Jesualdo Ferreira conquista também pela primeira vez este troféu.

A vitória na Taça de Portugal vale também 500 mil euros ao FC Porto, enquanto o Paços recebe 200 mil euros.

NOTAS MESTRES DO FUTEBOL:

Melhor em campo: Lisandro López
Jesualdo Ferreira: nota 4
Paulo Sérgio: nota 4-
árbitro Paulo Costa: nota 4

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 20:50 | # este post | # Comentários de mestre (0)
As voltas da bola: Hora de balanço
O campeonato terminou e é tempo de balanço. Há duas semanas já falei da justiça do título do FC Porto, ou seja, da questão principal de qualquer competição. Porém, há muito mais para além disso. Olhar para Benfica e Sporting e ver o que falhou; as surpresas que foram Nacional, Leixões e Académica; os problemas financeiros que afectam todos; a descida do Belenenses, um histórico do futebol português. E o Paços de Ferreira chegado à final do Jamor.

Começando pelo Benfica, onde me parece que faltou o que tem faltado nos últimos tempos: estabilidade. Houve, além disso, expectativas elevadas por parte dos adeptos e dos próprios dirigentes muito por culpa da contratação de nomes sonantes como Reyes, Aimar ou David Suazo. Os primeiros meses correram bem, a equipa chegou a estar no topo. Porém, à medida que os maus resultados foram aparecendo, os adeptos encarnados perderam a paciência. A época foi um fracasso, indubitavelmente. Para a próxima, o Benfica apostará em Jorge Jesus (ao que parece). Será uma boa escolha se tiver tempo para trabalhar e não lhe for pedido o céu e a Terra. Tal como foi a Quique Flores.

O Sporting voltou a ser segundo, pela quarta época consecutiva. É uma equipa jovem, composta por muitos jogadores da formação, ou seja, tem uma política bem diferente de Benfica e FC Porto. Paulo Bento será o treinador para 2009-10, caso José Eduardo Bettencourt seja eleito presidente. Penso que é a medida mais correcta, optando por um trabalho de continuidade que poderá dar o seu fruto (conquista no campeonato) a médio prazo. A eleição de Bettencourt é mais do que certa, apesar de o outro candidato, Paulo Pereira Cristóvão, ter surpreendido ao apresentar o nome de Sven Goran Eriksson como seu treinador. A todos os níveis, continuidade é a palavra de ordem.

Destaque muito positivo para o Nacional da Madeira, Leixões e Académica. Os dois primeiros terminaram nos lugares de acesso à nova Liga Europa enquanto que os estudantes conseguiram a melhor prestação do seu historial - sétimo. Também aqui podemos colocar o Sp.Braga, sobretudo pela participação externa. Há ainda o Paços de Ferreira comandado por Paulo Sérgio, um treinador nem sempre compreendido mas que termina a época como herói depois de colocar os castores na final da Taça de Portugal - joga hoje, domingo, frente ao FC Porto. No pólo oposto, estão o Marítimo e o Vitória de Guimarães, duas equipas que começaram a época jogando na UEFA, mas não conseguiram dar seguimento àquilo que de bom tinham conseguido.

Bem pior do que isso esteve o Belenenses. O clube do Restelo ficou à deriva após a saída de Jorge Jesus para o Sp.Braga e viveu momentos muito conturbados a nível directivo e financeiro. Sucederam-se as más experiências, o resultado final foi inevitável: descida de divisão. Mais um histórico, à semelhança do Boavista, que já ganhou o campeonato português a sair de entre os melhores clubes portugueses. Faz-se acompanhar do Trofense, muito embora fosse difícil pedir muito mais à equipa de Tulipa, estreante nestas lides.

Na Liga Vitalis, Olhanense e União de Leiria foram as equipas mais fortes. Os algarvios estão, trinta e quatro anos depois, de novo no maior campeonato nacional. Os leirienses voltam após uma época de interregno após uma recuperação sensacional desde a chegada de Manuel Fernandes. O homem tomou o gosto pelas subidas...

Etiquetas:

Ricardo Costa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 11:40 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sábado, 30 de maio de 2009
F.A. CUP FINAL - Chelsea - Everton 2-1
Chelsea entrou em campo para tentar conquistar o último título possível era Hiddink. Iniciou-se num atrevido 4-3-3 com Petr Cech, Ashley Cole, John Terry, Alex, Bosingwa, Lampard, Obi Mikel, Essien, Malouda, Drogba, Anelka ( Hilário, Ivanovic, di Santo, Ballack, Kalou, Belletti, Mancienne ), enquanto David Moyes montou um esquema de jogo mais concentrado num 4-5-1 com Tim howard, Leighton Baines, Lescott, Yobo, Hibbert, Cahill, Pienaar, Phil Neville, Osman, Saha, Fellaini, ( Nash, Castillo, Vaughan, Jacobsen, Rodwell, Gosling, Baxter )

Ainda se ajeitavam calções e camisolas, e já aos 25 segundos, o Everton fazia mexer as redes num pontapé de saída muito agressivo do ponto de vista ofensivo e marcou o golo mais rápido da historia da F.A. Cup marcado por intermédio do ex-Fulham/Man Utd, Louis Saha.

Seguiu-se uma toada de reconhecimento do adversário do lado do Chelsea sem ocasiões de parte a parte, até que ao minuto 20, Malouda serviu Drogba na área e este elevou-se acima da restante linha defensiva e empatou a partida.

Uma primeira parte em que o Chelsea foi mais rematador, porém de forma infrutífera, sendo que a maioria dos seus remates foram longe do alvo e, em que os Blues efectuaram uma partida de futebol mais directo e ligado pelos flancos. Do outro lado, o Everton tentou sempre praticar a reconhecida long-ball do futebol britânico para potenciar tirar partido da linha dianteira Saha e Fellaini face à sua estatura.

Os Toffees acabaram por transformar o seu sistema de jogo para um efectivo 5-3-2 defensivo explorando o erro do adversário e o Chelsea acabou por acerta num high-tempo de jogo à sua maneira jogando em contenção e explorando essencialmente a velocidade de Malouda inclinando, assim desta forma, o terreno para o flanco esquerdo.

A nível individual foram dois os jogadores que se destacaram, face ao equilíbrio, de ambos os lados, no caso o sul-africano Pienaar por parte do Everton e nos Blues o francês Malouda alavancou o ataque londrino.

Numa partida jogada sobre uma temperatura extrema no monumental Wembley Stadium com 41ºC, o jogo foi para o intervalo com o empate a 1-1.

Aos 60 minutos, Hiddink decidiu mexer no xadrez dos Blues e colocou um médio mais criativo em detrimento do sacrificado Essien, demonstrando audácia ofensiva na forma como orquestrou a substituição.

66 minutos decorridos e com o Everton a pressionar, Saha teve na cabeça o potencial 2-1 que seria até dado momento a oportunidade de golo mais perigosa.

Contas feitas, e como quem não marca, sofre, o Chelsea tirou partido dessa máxima e aos 71 minutos é o internacional inglês, em jogada individual, Lampard que faz a diferença após driblar Phil Neville e desferindo um remate portentoso para o fundo da baliza do Everton e, assim sendo, 2-1.

Aos 74 minutos, numa triangulação entre Cole, Lampard permitiu a Malouda aproximar-se com imenso perigo do último reduto dos Toffees ainda que sem resultados práticos.

77 minutos e a Malouda faz a bola beijar a barra no que seria o sentenciar da partida, porém a vantagem de um golo foi levado até ao apito final. Após repetição e com a câmara sobre a baliza, foi notória a entrada da bola na sua totalidade, porém o auxiliar de Howard Webb e, inclusive, o próprio nada assinalaram. Ficam assim, um golo por consagrar aos blues, mesmo quando nada contribuiu em termos de influência para o resultado.

Malouda recebe o prémio de jogador mais valioso da partida pela intrínseca performance que desempenhou ao longo dos 90 minutos.

90 000 pessoas acabaram por dar bem passado o seu sábado no Wembley Stadium numa partida de grande entretenimento em que o Chelsea levou a melhor sobre o Everton e fechou a época com mais um pedaço de silverware para o seu historial enquanto Roman Abramovich regozijava-se com os seus amigos na tribuna presidencial.

Etiquetas: , , , ,

Nelson Motta & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 16:17 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sexta-feira, 29 de maio de 2009
Paulo Cristóvão avança com Eriksson
O candidato à presidência do Sporting, Paulo Cristóvão, anunciou hoje que caso seja eleito avançará com Sven-Goran Eriksson para o comando técnico dos ''leões''. Cristóvão já vinha anunciando um nome sonante e esse está então encontrado.

Segundo o empresário, o ex-treinador do Benfica chegará a Lisboa na segunda ou na terça-feira. Para administrador-executivo virá o antigo jogador do Sporting, Duran Bukovac.

Recorde-se que o outro candidato, José Eduardo Bettencourt, quer a continuidade de Paulo Bento.

Etiquetas: , , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 21:10 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Zé Castro estreia-se, Boa Morte e Moreira regressam
A estreia de Zé Castro, defesa central actualmente no Deportivo da Corunha, e os regressos do guarda-redes Moreira e do extremo Luís Boa Morte são as principais novidades nos convocados da Selecção Nacional para os encontros frente à Albânia, de qualificação para o Mundial 2010, e para o particular frente à Estónia.

Os jogos serão disputados, respectivamente, a 6 e 10 de Junho, sendo que o jogo com a Albânia será decisivo para os comandados de Carlos Queiroz rumo ao Mundial na África do Sul. De realçar que os pontas-de-lança Nuno Gomes e Hélder Postiga continuam ausentes dos eleitos.

Eis a lista de convocados:
Guarda-Redes:
Beto (Leixões)
Daniel Fernandes (Bochum)
Eduardo (Sp. Braga)
Moreira (Benfica)

Defesas:
Bosingwa (Chelsea)
Bruno Alves (F.C. Porto)
Gonçalo Brandão (Siena)
José Castro (Deportivo)
Miguel (Valência)
Pepe (Real Madrid)
Ricardo Carvalho (Chelsea)
Rolando (F.C. Porto)

Médios:
Deco (Chelsea)
Duda (Málaga)
Eliseu (Málaga)
João Moutinho (Sporting)
Raúl Meireles (F.C. Porto)
Tiago (Juventus)

Avançados:
Boa Morte (West Ham)
Cristiano Ronaldo (Manchester Utd)
Edinho (AEK)
Hugo Almeida (Werder Bremen)
Nani (Manchester Utd)
Simão Sabrosa (Atlético de Madrid)

Etiquetas: , , , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 20:59 | # este post | # Comentários de mestre (0)
quarta-feira, 27 de maio de 2009
Melhor Onze da Liga dos Campeões
Após a final da «Champions», a UEFA elegeu Lionel Messi como melhor jogador em campo e divulgou o Melhor Onze da edição 08/09 da competição.

EI-LO:
GR: Van der Sar
DC: Ferdinand
DC: Vidic
DC: Lahm
MC: Iniesta
MC: Xavi
MC: Gerrard
MO: Messi
AV: Ronaldo
AV: Rooney
AV: Miroslav Klose

MELHORES MARCADORES:
1º Messi: 9 golos
2º Klose: 7 golos
3º Gerrard: 7 golos
4º Lisandro: 6 golos
5º Adebayor: 5 golos

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:58 | # este post | # Comentários de mestre (4)
Barcelona é o novo campeão europeu!



E está encontrado o vencedor da edição 2008/2009 da Liga dos Campeões: Barcelona! Os ''catalães'' levaram a melhor sobre o Manchester United ao vencerem os antigos campeões europeus por 2-0. Samuel Eto'o e o inevitável Lionel Messi fizeram os golos de uma partida que deixou a desejar.

O Estádio Olímpico de Roma foi o palco eleito para o jogo mais esperado do ano, que opunha o Barcelona ao Manchester United. Lionel Messi a Cristiano Ronaldo. Pep Guardiola a Alex Ferguson. Destes três duelos, foram claramente os ''blaugrana'' a sair por cima. O Barcelona dominou quase sempre durante os 90 minutos, enquanto o Manchester United ''cheirou'' a bola, sem criar verdadeiras situações de golo, com Rooney a ser o espelho dos ''red devils'', ao protagonizar uma má exibição.

Foi, apesar disso, o Manchester United quem começou melhor e nos primeiros 10 minutos conseguiu remates de relativo perigo. Mas apenas nesse curto período, porque logo a seguir entrava em acção o ''super-Barça''! E logo da melhor forma: no primeiro remate à baliza, o Barcelona chegaria ao primeiro golo, por intermédio do camaronês Eto'o que, a passe de Iniesta, passa por Vidic e remata forte para o fundo das redes.


Com um meio-campo recheado de médios como Xavi e Iniesta é muito difícil sofrer qualquer golo, tal a qualidade que estes dois jogadores imprimem ao futebol da sua equipa. A percentagem de posse de bola, depois do golo marcado, era da total exclusividade do Barcelona. Enquanto isso, o Manchester United corria atrás da bola.

No começo da segunda-parte, Alex Ferguson retira Anderson e coloca Carlos Tevez, numa tentativa de procurar o golo do empate. Só que a substituição revelou-se falhada, tal a dificuldade que os avançados dos ''red devils'' tinham em conseguir ter a bola na sua posse. Ainda para mais, e como já foi supracitado, com jogadores de meio-campo e também de ataque como o Barcelona tem, torna-se ainda mais complicado marcar golo. Desta forma, os ''catalães'' chegariam quase que naturalmente ao 2-0, num momento perfeito de futebol. Cruzamento milimétrico do mestre Xavi e cabeceamento (!) para o fundo da baliza de Van der Sar do pequeno grande génio Lionel Messi. Pelo golo, pelo que jogou e pelo que Cristiano Ronaldo não jogou, o argentino sentenciou qualquer dúvida que houvesse em relação ao título actual de melhor jogador do mundo...

Até final, o United não conseguiu verdadeiramente criar perigo e a vitória revelou-se, de uma maneira surpreendente, fácil para os comandados de Pep Guardiola.


O Barcelona fecha assim uma época de sonho, depois da conquista do campeonato, da Taça do Rei e agora da Liga dos Campeões (terceira na história dos ''catalães''), alcançando assim o primeiro ''triplete'' na história do clube!

fotos: uefa.com; reuters.com

Etiquetas: , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:12 | # este post | # Comentários de mestre (1)
LIGA VITALIS (análise 08/09)
Com mais uma época terminada, os Mestres do Futebol farão agora, em dois posts, equivalentes à Liga Sagres e à Liga Vitalis, um resumo sobre o que mais relevante se passou ao longo destes 10 meses de temporada. Hoje, apresentamos-lhe a Liga Vitalis!

No início da temporada, Olhanense, Santa Clara, Beira-Mar, Gil Vicente e U. Leiria perfilavam-se como principais candidatos à subida; Portimonense e Feirense surgiam como ‘’outsiders’’.
Atentando à classificação final acima representada (dentro de momentos será posta), Beira-Mar, clube da cidade de Aveiro, e Gil Vicente, de Barcelos, foram claramente as decepções maiores da época 08/09 da Liga Vitalis. Ambos conseguiram resultados bons em terrenos difíceis, mas em casa, com adversários teoricamente mais frágeis, não foram capazes de vencer.

Em relação aos ‘’outsiders’’, apenas o Feirense alcançou uma classificação que, até 4 jornadas do fim, poderia ser de subida, porque o Portimonense revelou-se uma desilusão, pelo plantel que tinha, mas também pelos dois bons treinadores que por lá passaram.

Assim, os clubes de Olhão, Açores e Leiria emergiram como os candidatos sérios ao lugar mais desejado da Liga de Honra. Cedo, Olhanense e Santa Clara saltaram para os postos cimeiros e por lá ficaram durante maior parte do campeonato. Obtiveram uma regularidade impressionante, sem grandes nomes individuais mas com forte colectivo e com treinadores jovens ambiciosos. No fim, é certo, o Santa Clara não foi capaz de almejar a subida…




Na segunda metade da temporada, surdia uma equipa que, até então, permanecia nos lugares mais baixos da classificação. Eis senão que a U. Leiria. O início não foi nada favorável com Paulo Alves mas a entrada de Manuel Fernandes tornou as coisas mais fáceis. Um modelo de jogo alterado, com duas figuras a despontar: os goleadores Cássio e Carlão. Este último recentemente conotado ao Sporting Clube Portugal. A segunda volta foi tão boa que a equipa acabou por conseguir a subida de divisão, na última jornada.

Não querendo sermos injustos para com as outras importantes equipas do meio da tabela, passemos agora para as equipas que mais lutaram pela permanência na Liga Vitalis. Boavista, Gondomar e Oliveirense fizeram parte desse lote e por razões óbvias. Foram as três equipas mais fracas do campeonato, com um futebol mau e jogadores de fraca qualidade. Dos três, a Oliveirense foi mesmo a superior, e por isso conquistou um lugar entre as 16 melhores do segundo escalão do futebol português.

Falemos agora da qualidade geral da época 08/09 da Liga Vitalis. Como sempre, o que sobrou em equilíbrio faltou em qualidade. Os espectadores nos estádios também foram poucos e campos como o do agora primodivisionário U. Leiria, Estoril ou até Santa Clara estiveram às moscas, se bem que é de reconhecer o mérito dos adeptos do Olhanense, Freamunde ou Vizela que conseguiram, em determinadas alturas, encher os respectivos complexos.

Por fim, a arbitragem, que é um tema que muitas vezes passa incólume aos principais espectadores de futebol em Portugal, que atentam maior parte das vezes aos três ‘grandes’. Este ano, o caso mais escandaloso foi aquele que permitiu à U. Leiria subir: na última jornada, Feirense e Santa Clara, principal opositor dos leirienses na subida, defrontaram-se e Paulo Costa, árbitro nomeado para a final da Taça, no Domingo, decide anular um golo limpo aos açorianos, o que mais tarde levou à vitória da equipa de Santa Maria da Feira. O dinheiro que corre na Vitalis, não só em relação a árbitros como a jogadores, está muitas vezes invisível aos olhos de muita gente e espera-se que para a próxima temporada isto acabe. Declarações como as de Vítor Pereira, treinador do Santa Clara, no final jogo com o Feirense, são polémicas e o seu conteúdo pode não ser verdadeiro, contudo são precisas neste futebol onde muitos fecham os olhos!

ONZE IDEAL:
GR: Fernando (U. Leiria)
DC: Bruno Sousa (Oliveirense)
DC: Diego Gaucho (Gil Vicente)
DC: André Pinto (Santa Clara)
MD Tito (Varzim)
MDi: Oliveira (Santa Clara)
ME: Hélder B. Sousa (Vizela)
MO: Castro (Olhanense)
AV: Yazalde (Varzim)
AV: Djalmir (Olhanense)
AV: Nuno Santos (Santa Clara)

MELHORES MARCADORES:

Etiquetas:

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 17:55 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Um duelo de titãs hoje em Roma (ASSISTA EM DIRECTO, AQUI!)
A final da Liga dos Campeões, em Roma, terá um duelo particular entre o argentino Lionel Messi, do Barcelona, e Cristiano Ronaldo, do Manchester United, apontados como os dois melhores jogadores do mundo. PODERÁ ASSISTIR A ESTE DUELO,AQUI!, ÀS 19.45H !!

Com isso, o resultado da decisão do mais importante torneio de clubes da Europa deverá pesar na eleição do vencedor da edição de 2009 do prémio de Melhor do Mundo pela Fifa.
Messi foi o principal nome do Barça na temporada, e exerceu papel fundamental na conquista do Campeonato Espanhol. No último ano, o jogador herdou a camisola 10 de Ronaldinho Gaúcho e também o papel de craque da equipa.

Ao assumir a responsabilidade, o argentino não decepcionou e vem sintetizando o estilo do técnico Josep Guardiola, que está a completar sua primeira temporada à frente da equipe profissional do Barça.
Pelo menos nos números, Messi vem levando vantagem sobre Cristiano na Liga. O atacante do Barça é o artilheiro da competição com oito golos, e vice-líder em assistências com cinco.
Autor de quatro golos no torneio, Cristiano é o jogador que mais chutou á baliza, com media de 32 tentativas por jogo.

Já nas competições nacionais, os dois ajudaram a levar suas equipes ao título.
Faltando uma rodada para o fim do Campeonato Espanhol, no qual o Barça já foi campeão antecipado, Messi soma 23 golos e é o quarto na tabela de artilheiros.
Melhor do Mundo em 2008, Cristiano também não fez feio no Inglês, onde o United garantiu o tri. O português foi o vice-artilheiro, com 18 golos - um a menos que o francês Nicolas Anelka, do Chelsea.
A final do Estádio Olímpico também terá um duelo de contrastes entre os comandantes de Cristiano e Messi. O jovem Guardiola, de 38 anos, chega à sua primeira final de Liga, enquanto o escocês Alex Ferguson irá para a sua terceira.

Aos 67 anos, o técnico do United tem um currículo vitorioso, que inclui duas Ligas dos Campeões. Entretanto, demorou seis anos para conquistar seu primeiro título no Manchester, enquanto o espanhol já levantou duas taças na sua temporada de estreia.

As duas equipas apresentam estilos diferentes, mas são igualmente vencedoras. Tanto que são consideradas as duas melhores da actualidade.

O duelo da capital italiana colocará frente a frente o futebol bonito do Barcelona contra a eficiência de resultados do Manchester.

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 08:52 | # este post | # Comentários de mestre (0)
segunda-feira, 25 de maio de 2009
MESTRES DO FUTEBOL: 2 ANOS DE EXISTÊNCIA!

Por mera distracção nossa, esquecemo-nos que ontem, dia 24 de Maio, completávamos uns já consideráveis 2 anos de existência. As nossas desculpas por isso. Mas cremos ainda ir a tempo de fazer um post acerca deste nosso aniversário.

Os Mestres do Futebol nasceram por força de uma paixão de dois adolescentes por futebol, que, tal como tantos outros, gostam de estar atentos ao que se passa diariamente nesse desporto, bem como exprimir as suas opiniões sobre ele.

Cedo nos tornámos num blogue respeitável dentro da belíssima blogosfera desportiva nacional, o que para nós é já um motivo de orgulho. Mesmo assim, sabemos que nos últimos tempos, nomeadamente nos últimos 4/5 meses, a nossa qualidade tem vindo a fraquejar por força de alguma indisponibilidade ou mesmo por desinteresse. É que não é fácil vermos que o nosso contador de visitas não aumenta das 100 visitas diárias, algo que para quem tem 2 anos de vida é muitíssimo frustrante. Contamos convosco para este número aumentar nos próximos meses, porque, sem dúvida alguma, os MESTRES DO FUTEBOL necessitam de vida! Não nos deixem morrer!

Por fim, apenas temos de agradecer aos leitores da casa, aqueles que não nos deixam de visitar em circunstância alguma e que continuam a ser a força para continuarmos.

PS: este post serve também para agradecer publicamente a todos os cronistas dos MESTRES DO FUTEBOL, que não tendo uma participação activa, são extraordinários no esforço que fazem para escrever algumas linhas neste espaço.

Etiquetas:

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 19:57 | # este post | # Comentários de mestre (3)
Milhares festejaram "tetra" nas ruas da Invicta
Milhares de pessoas inundaram domingo as ruas do centro histórico da cidade do Porto para celebrar o tetracampeonato de futebol conquistado pelo FC Porto.

Jogadores, equipa técnica e membros da direcção portista festejaram o "tetra" em cima de um trio eléctrico, que saiu do edifício da Alfândega do Porto e terminou o seu trajecto em frente à Câmara Municipal da Invicta.
O percurso dos campeões, que foi apelidado de "Via Tetra", não tinha mais de dois quilómetros de extensão, mas demorou cerca de hora e meia a fazer.

Caixotes do lixo, paragens de autocarro, andaimes, eco-pontos, tudo servia para fugir a um torcicolo e ficar à altura e mais perto dos "craques" portistas.
O autocarro reservado à comunicação social abria o caminho para o do "trio dos campeões" e chegava a confundir os adeptos: "Onde está o treinador?", perguntavam alguns simpatizantes, que julgavam estar perante o autocarro da equipa técnica.
Jesualdo Ferreira vinha logo atrás, juntamente com os seus jogadores, onde se destacava Raul Meireles, "dono" do microfone na maior parte do trajecto. "Campeões allez", gritava o médio portista na parte dianteira do autocarro descapotável.

Na parte de trás era Bruno Alves que dava nas vistas com o seu penteado psicadélico, além de se divertir ao molhar de champanhe as pessoas.
Hora e meia depois do início do percurso, os "dragões" chegaram à Câmara Municipal do Porto, protegida pelo corpo de intervenção da Polícia de Segurança Pública.
Para muitos portuenses a presença da polícia foi considerada uma afronta, motivo que, para alguns, foi suficiente para se manifestarem contra o presidente da edilidade, Rui Rio.

O trio eléctrico permaneceu parado junto ao edifício da câmara durante alguns minutos, rodeado por adeptos, entre os quais Maria Elisa, candidata à Câmara Municipal do Porto, e reconhecida simpatizante portista.

Os "dragões" seguiram então para o Estádio do Dragão, deixando os adeptos surpresos e algo tristes, já que pensavam ver o trio eléctrico fazer o sentido inverso.

Etiquetas:

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 09:07 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Vitalis: U. Leiria sobe, Boavista desce
Terminou o campeonato na II Liga, e feitas as contas finais a União de Leiria regressa à I Liga 1 ano volvido, mas a maior nota de destaque será talvez a descida do Boavista à II Divisão portuguesa, juntamente com o Gondomar.

Numa tarde de Futebol «à antiga», com os ouvidos colados à rádio, e com emoção até ao último minuto. Com a derrota na Feira, o Santa Clara ficava dependente do resultado da União de Leiria em Aveiro. A União, que a meio do campeonato lutava para evitar os lugares de descida, entrou muito forte na partida e chegou ao 0-3. O Beira Mar reduziu depois para 2-3, e a emoção, bem patente na cara e reacções do técnico leiriense Manuel Fernandes, durou até ao apito final de Jorge Sousa.

Festa no Municipal de Aveiro das hostes do Leira, tristeza a rodos no Estádio do Bessa, com a descida inimaginável há bem pouco tempo da equipa axadrezada. A derrota por 1-4 com o Sp. Covilhã impediu qualquer esperança da equipa da cidade invicta que assim alia às grandes dificuldades financeiras, uma enorme crise a nível desportivo.

Classificação:

fonte: zerozero

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 08:53 | # este post | # Comentários de mestre (0)
domingo, 24 de maio de 2009
Belenenses e Trofense descem à Liga Vitalis
Belenenses e Trofense despediram-se da primeira divisão do Campeonato Português sábado, com derrotas nos seus jogos na última jornada. As duas equipas estavam na zona da linha de agua e dependiam de outros resultados para escapar á descida, mas não fizeram na própria obrigação, que era vencer.

O Belenenses foi ao estádio da Luz e perdeu por 3 a 1 para o Benfica, terminando com 24 pontos. O Trofense, que disputou sua primeira temporada na Liga Sagres, caiu por 1 a 0 diante do Paços de Ferreira e acabou com 23, segurando a lanterna vermelha.

O Paços de Ferreira, que disputará com o Porto a final da Copa de Portugal, decretou o destino do Trofense com um golo de William, aos 30 minutos do segundo tempo.

Salvos
Rio Ave e Vitória de Setúbal, que estavam ameaçados, teriam-se salvado de qualquer maneira, mas ainda somaram pontos. O Rio Ave fez 2 a 1 no Estrela da Amadora, chegando aos 30 pontos, enquanto o Vitória empatou por 2 a 2 com a Naval na Figueira da Foz, encerrando a campanha com 26.

No domingo, o campeão Porto e o vice Sporting encerram o campeonato respectivamente contra Braga e Nacional, que acompanharão o Benfica na Liga Europa.

Paços de Ferreira 1-0 Trofense (resumo)

Etiquetas: , , , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 18:08 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sexta-feira, 22 de maio de 2009
As voltas da bola: Das indefinições às despedidas
Esta foi uma semana de indefinições. Parece-me que o Benfica está a preparar mal a época. Mais uma vez. Aliás, acho que é um mal partilhado por outras equipas: contratam jogadores mesmo sem ter o treinador definido. O caso dos encarnados é claro. Jorge Jesus será o mais que provável sucessor de Quique Flores no Benfica mas ainda faz sentido, embora de forma remota, de que o espanhol continue. Contratar jogadores é precipitado porque a equipa não será formada à imagem do treinador. O Benfica assegurou Patric e Ramires para a nova época mas ainda tem uma enorme interrogação em relação à equipa técnica. Paradoxal, não?

De decisões. São três pontos, três simples pontinhos que todos querem ganhar. É assim em todos os jogos mas terão um valor mais significativo na última jornada da Liga Sagres. Será no próximo fim-de-semana que se decidirá quem sai de entre os melhores clubes de Portugal. Belenenses e Trofense são os mais sérios candidatos mas Rio Ave e Vitória de Setúbal ainda não estão totalmente a salvo. Custa-me ver as situações desses dois clubes, Belenenses e Vitória, com grande historial no futebol português que vivem um autêntico caos directivo. Assim como o Estrela da Amadora embora os amadorenses tenham conseguido garantir a permanência de forma tranquila. Um exemplo de profissionalismo de jogadores que não têm sido respeitados. A situação é cada vez mais degradante.

De títulos. Em termos internacionais, Inter de Milão, Manchester United e Barcelona sagraram-se campeões nacionais. Sem surpresas, diga-se. Em Itália, José Mourinho conseguiu vencer o scudetto no ano de estreia, dando o tetracampeonato aos milaneses. O Manchester venceu o seu terceiro título consecutivo, depois de um empate (sofrido!) frente ao Arsenal. No mesmo dia, o Barcelona foi campeão, com inteira justiça pois é a equipa do planeta que melhor futebol pratica. Guardiola teve um começo de sonho na Catalunha.

De despedida. Luís Figo, aos 36 anos, abandonou o futebol. É o fim do melhor jogador português de sempre, pós-Eusébio e pré-Cristiano Ronaldo. Um verdadeiro senhor do futebol que sai pela porta grande com mais um título no currículo. Felizmente há o Youtube para que possamos recordar os bons momentos que Figo nos deixou. E para os imortalizar.

Etiquetas:

Ricardo Costa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:03 | # este post | # Comentários de mestre (0)
quinta-feira, 21 de maio de 2009
Procura-se novo clube para ''Licha''
Foi o empresário quem o garantiu. Lisandro Lopez, um dos melhores jogadores do FC Porto, está no mercado e à procura de clube. Novidades sobre este caso surgirão após o último jogo oficial dos 'dragões', a final da Taça de Portugal.

Em declarações à Rádio Renascença, o empresário do avançado argentino disse que está a trabalhar de forma a poder encontrar um clube que possa apresentar uma proposta que “satisfaça o FC Porto”. Fernando Hidalgo, admite que é um assunto que está em cima da mesa, se surgir uma boa proposta o avançado sai dos dragões. Mas alguma novidade, a existir, apenas surgirá depois da final da Taça de Portugal, agendada para o dia 31.

O empresário de Lisandro Lopez é o mesmo de Marcos Angeleri, defesa central que está nas cogitações do FC Porto mas sobre negócio, Fernando Hidalgo não solta qualquer palavra.

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 20:09 | # este post | # Comentários de mestre (2)
Shakhtar vence última Taça UEFA contra Werder Bremen (2-1)

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 19:49 | # este post | # Comentários de mestre (0)
terça-feira, 19 de maio de 2009
Crónica por Diogo Sousa; Plantel 2009/2010; Com Quique, claro!
Numa altura em que muito se discute o futuro do Benfica eu deixo aqui presente a minha opinião.
Esta época não foi fértil no campeonato e na taça UEFA mas vimos um Benfica melhor que na época passada.
Um dos pontos fortes de Quique Flores foi a sua organização, a coesão do grupo, e mentalidade.
Sobre o futuro, a minha opinião é que Quique deve continuar e que o grupo se deve manter com excepção a uma ou duas alterações. A nível da baliza está bem servida. Quim e Moreira são suficientes. Prevê-se uma saída de Moretto. Talvez a chamada de um júnior possa ser suficiente para o plantel ter os habituais 3 guarda-redes.
Na lateral-esquerda, prevê-se a chegada de Álvaro Pereira. Se David Luiz se mantiver ali como esta época o lado esquerdo está seguro.

Na direita a situação é um pouco diferente. Maxi não é um lateral completo, não gosto da sua maneira de jogar. Confere á equipa alguma segurança defensiva mas esta longe de ser um lateral como Miguel ou Nelson foram. Patric parece que já não é certo. Para mim gastava-se um milhão e meio, bem gasto, em João Pereira.
No meio da defesa pouco ou nada se deve alterar (e bem). Se Luisão sair, o que na minha opinião é quase certo, a alternativa passa por contratar um lateral esquerdo e fazer regressar David Luiz ao centro da defesa. Ficaríamos com 3 centrais no plantel com menos de 21 anos (mas nem por isso com falta de qualidade).

No meio campo, Quique deve insistir em usar os 2 médios centros. Sendo assim, talvez a compra de Ruben Micael se justifique. Depois tem de se deixar as pressões de lado e deixar o miúdo aparecer aos poucos. Isto, a pensar na saída do grego, Katso. Com pena de todos os Benfiquistas o jogador grego deve rumar ao Hamburgo.
Nas alas a saída de Reyes é eminente, e como já toda a gente viu Balboa foi um "flop". Procuram-se por isso dois alas de qualidade. Alan + 1?

Na frente de ataque só com Cardozo e Nuno Gomes os ‘’encarnados’’ não chegam lá. Falta alguém com faro para o golo. Alguém móvel e que já tenha provas dadas (não falo de Jardel, longe disso).

Prevê-se um bom Benfica para 2009/2010. Com Quique, claro!

Etiquetas: ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 18:23 | # este post | # Comentários de mestre (1)
GOLO DA SEMANA
O golo da semana desta jornada pertence a Oberdam, jogador do Marítimo.
Num jogo onde o Sporting foi jogar aos "Barreiros" e ganhar por 1-2.
Neste jogo Olberdam faz um bonito golo, através de um potente e colocado remate de fora da área!

Veja ou reveja:

Etiquetas:

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:03 | # este post | # Comentários de mestre (0)
domingo, 17 de maio de 2009
Katso no Hamburgo?
O médio defensivo do Benfica Katsouranis revelou hoje, após a vitória encarnada sobre o Sp. Braga, que poderá estar a caminho do Hamburgo, equipa que milita no campeonato alemão.

«Sou feliz no Benfica, mas já estou aqui há três anos, tenho mais um ano de contrato, por isso temos de ver. Se tenho uma proposta do Hamburgo? Sim, confirmo. Se gostava de ir. Sim, gostava. Não tenho nenhum problema com isso. É uma grande equipa. Mas não há nada certo para já. Vamos ver nos próximos dias. Nesta altura ainda é muito cedo para ter certezas. Após o próximo jogo vamos falar. Vou falar com os dirigentes, vou conversar com a minha família. Estou muito feliz com a equipa, especialmente este ano, acredito que tínhamos uma boa equipa, mas cometemos erros como equipa e acabámos por ficar numa má posição. Mas estou confiante que o Benfica vai fazer algo bom, vai fazer-se como o Benfica deve ser.» afirma o internacional grego.

Perderá o Benfica mais uma peça importante do seu plantel?

Etiquetas: , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:47 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Olhanense assegura subida e é campeão!
(clique para aumentar)


O Olhanense venceu esta tarde em Gondomar (0-1) a equipa local, alcançando assim a subida ao principal escalão do campeonato português. Com 55 pontos, a equipa de Jorge Costa é também campeã da Liga Vitalis.

34 anos depois, o Olhanense regressa ao convívio com os grandes do futebol português, após uma temporada regular na Liga Vitalis.

Na próxima e última jornada, Santa Clara e U. Leiria lutarão para fazer companhia à equipa algarvia na subida, enquanto Gondomar, Oliveirense e Boavista tentarão manter-se no segundo escalão do futebol português.

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:28 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Benfica garante 3º lugar
Num jogo que se adivinhava complicado para os encarnados, o Benfica acabou por vencer facilmente o Sporting de Braga por três bolas a uma, em jogo a contar para a 29.ª jornada da Liga Sagres, garantindo assim o terceiro lugar na competição. Cardozo voltou a justificar a titularidade ao apontar o primeiro golo da partida num jogo marcado ainda pelo duelo Quique Flores/Jorge Jesus.

Tudo acabou por ser fácil para o Benfica. Primeiro, fruto dos erros defensivos cometidos pelos homens do Sporting de Braga e, em segundo, pelo grande aproveitamento dos jogadores do Benfica em condição de finalização.
A vitória encarnada começou a ser desenhada ainda muito cedo. Aos 7 minutos, Cardozo aproveita da melhor forma um desentendimento na defesa da casa, e antecipa-se a Eduardo para marcar de cabeça.
Aos 13 minutos, surge o segundo golo do Benfica e fruto de mais um erro defensivo. Eduardo entregou a bola a Di Maria que passou pelo guarda-redes do Braga e rematou junto ao poste direito. O Benfica foi tranquilo para o intervalo.

No segundo tempo a história repetiu-se logo ao minuto 47, com Urreta a aproveitar mais um passe errado do central do Sporting de Braga, para marcar o primeiro golo no campeonato e dar mais uma prova da utilidade que pode ter para o Benfica na próxima temporada.
Até ao final da partida, tempo ainda para Yebda receber ordem de expulsão, tendo estado em campo apenas 11 minutos, depois de substituir o também já ‘amarelado’ Katsouranis.
O Sporting de Braga ainda reduzir já perto do final da partida no seguimento de uma grande penalidade convertida por Luiz Aguiar.

O Benfica garante desta forma a terceira posição no campeonato, ainda que muito longe dos objectivos estabelecidos no início da época.

fonte:sol

0-1 Cardozo 8'

Original Video- More videos at TinyPic

0-2 Di Maria 13'

Original Video- More videos at TinyPic

0-3 Urreta 48'

Original Video- More videos at TinyPic

1-3 Aguiar (Pen) 89'

Original Video- More videos at TinyPic

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 21:20 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Adeus Figo...

Luís Figo, de 36 anos, anunciou o fim da carreira, depois de mais um título conquistado no Inter de Milão. O ex-internacional português deixará saudades a todos aqueles que apreciam o futebol!

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 13:58 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Luta pela permanência continua (vídeos)
BELENENSES 1-0 RIO AVE



TROFENSE 1-4 FC PORTO



VITÓRIA SETÚBAL 0-1 LEIXÕES



CLASSIFICAÇÃO ACTUAL:

Etiquetas: , , , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 00:53 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Man Utd, Barcelona e Inter campeões!!


O dia de sábado foi pródigo para as equipas do Manchester United, Barcelona e Inter de Milão, que se sagraram campeões inglês, espanhol e italiano respectivamente. No caso dos ''red devils'' foi preciso empatar, em Old Trafford, com o Arsenal para garantir o tricampeonato. Por outro lado, os ''blaugrana'' e os ''nerazzuri'' nem precisaram de jogar, já que os seus principais concorrentes perderam os respectivos jogos. PARABÉNS CAMPEÕES!

Etiquetas: , , , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 00:39 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sexta-feira, 15 de maio de 2009
As voltas da bola: O tetra do FC Porto
O FC Porto alcançou na passada semana o seu quarto título seguido, o segundo tetracampeonato da sua história. Sem surpresa e com justiça. Os portistas demonstraram ser melhores do que os rivais, ou seja, tiveram aquilo a que gostamos de chamar estofo de campeão. Porém, este foi talvez a conquista mais difícil desse conjunto de quatro, iniciado por Co Adriaanse. A época foi atribulada, houve um período de crise com duas derrotas consecutivas (Leixões e Naval), algo há muito não visto. A posição de Jesualdo Ferreira esteve em risco, falou-se em substituição de treinador.

Na ideia dos adeptos portistas estavam ainda bem presentes os fantasmas de 2004-05, a pior época na última década: sucederam-se os treinadores, as más experiências e, principalmente, os maus resultados. O FC Porto não podia repetir tal desastre mas para isso era preciso paciência - sabemos que em futebol, um simples segundo, serve para que se passe de uma posição de herói para um fracasso. Os dirigentes tiveram-na e os adeptos, a mais ou menos custo, também. Esse período mau passou, a vitória em Kiev, para a Liga dos Campeões, deu um contributo tremendo. Foi como que uma injecção de confiança. A equipa renasceu, acreditou que era capaz.

A distância, que a certa altura chegou a ser de cinco pontos para o Benfica, aos poucos foi-se esfumando. Houve demérito dos adversários, sim, até porque os encarnados falharam em momentos-chave (empates com Leixões e Vitória de Setúbal cedidos nos últimos minutos, por exemplo), à semelhança do Sporting mas houve muito mérito na forma como os dragões chegaram ao topo. Foi um processo natural, quase. A partir do momento em que o FC Porto assumiu a liderança, se percebeu de que dificilmente o tetra escaparia. Quer pelo passado recente quer, sobretudo, pela crescente de forma depois de ultrapassada essa fase negra. A segunda volta foi avassaladora, com dez vitórias consecutivas fora - falta ainda o jogo da Trofa que poderá dar a décima primeira! - e uma enorme regularidade, se bem que tenham existido alguns percalços no Dragão como os nulos com Trofense e Marítimo. No entanto, não trouxeram complicações porque os adversários directos não aproveitaram. Voltando ao início: faltou esse estofo a Benfica e Sporting. Faltou regularidade.

Com tudo isto, o que se pretende dizer é que este título teve características especiais. Foi justo mas claramente diferente do anterior, em que o FC Porto chegou a Dezembro com o campeonato praticamente garantido. Este não. Porque foi preciso construir uma equipa, colmatar as saídas de pedras-chave como Bosingwa, Paulo Assunção e Quaresma. Mudaram-se os nomes, os jogadores foram obrigados a novas funções. Jesualdo Ferreira foi capaz de o fazer e tem um enorme mérito nesse aspecto. Só de pensar que Cissokho, na temporada passada, jogava na segunda divisão francesa...

Etiquetas:

Ricardo Costa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 21:03 | # este post | # Comentários de mestre (1)
GOLO DA SEMANA
O golo da semana desta jornada chega tarde, mas chega.
Pertence a Wenteria, jogador do Braga. Em Belém,o Braga goleou a equipa da casa, o Belenenses por uns expressivos 5-0 e o jogador do Braga apontou um golo muito bom. Num lance genial, passa por vários adversários e com um toque subtil, desvia a bola de Júlio César e bisando na partida.

Veja ou reveja o golo:

Etiquetas:

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 19:06 | # este post | # Comentários de mestre (0)
quinta-feira, 14 de maio de 2009
Alvaro Pereira é o 2º reforço encarnado
Alvaro Pereira está muito próximo de se tornar no segundo reforço do Benfica da época 2009/2010. Os ''encarnados'' reuniram-se com os responsáveis do clube actual do defesa esquerdo de 23 anos, o Cluj, da Roménia, e as negociações estão muito perto de fechar.

O valor inicial pedido pelo clube romeno era de 5 milhões de euros, considerado demasiado alto para os responsáveis ''encarnados'', mas o Benfica decidiu colocar Lazlo Sepsi, actualmente emprestado ao Racing Santander, no negócio, o que diminui o valor do pagamento da transferência para 3 milhões.

De nacionalidade uruguaia, Alvaro Pereira não confirma a sua ida para Lisboa mas, em declarações à Rádio Renascença, confessa que "ficaria encantado por jogar no Benfica".

Com esta aquisição o Benfica tapa mais uma lacuna do seu plantel, depois da já confirmada vinda do defesa direito brasileiro Patric.

Etiquetas: , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:09 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Barcelona esmaga Atl.Bilbau na final da Taça do Rei; Lazio vence Taça de Itália nos penalties
ATLÉTICO BILBAU 1-4 BARCELONA


LAZIO 1-1 (G.P 6-5) SAMPDORIA

Etiquetas: , , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:01 | # este post | # Comentários de mestre (0)
terça-feira, 12 de maio de 2009
Se fosse eu.....
A época terminou e com ela há vencedores (campeão, quem lutou e alcançou o objectivo UEFA, quem se salvou já da manutenção) e perdedores. Neste último lote claramente Benfica e Belenenses são os “vencedores”.

É por isso altura de começar a fazer uma avaliação, procurar perceber os erros e tentar solucionar os mesmos. Para isso é fundamental perceber também se quem está tem capacidade para inverter o rumo da situação.

Vou me focar no meu clube e tentar colocar me no papel de quem manda no futebol encarnado.

Rui Costa teve este ano a sua primeira experiência como dirigente. Figura muito estima pelos adeptos, a expectativa criada neste seu novo papel (associado ao facto de já não ser LFV o responsável directo pelo futebol) era enorme e mais ficou ainda com a contratação de jogadores de nome como Suazo, Reyes e Aimar.

Estes jogadores tiveram o cunho pessoal de Rui Costa e do novo treinador Quique Flores que ao foi na prática a 3º escolha após os falhanços na contratação de Eriksson e de Carlos Queiroz.

Confesso que fiquei satisfeito com a contratação do espanhol. Jovem, ambicioso ( e não acomodado como Eriksson) e com um trabalho interessante feito no Getafe e no Valência, tendo sido ainda antes de ser contratado, alvo de elogios por gente como José Mourinho.

Contratação boa sim sr, mas há depois o resto. Um treinador estrangeiro que chega a Portugal, não conhece a nossa realidade, não conhece o nosso tipo de futebol, não conhece a mentalidade dos nossos jogadores e dos adversários nem conhece a qualidade que cá existe. Regra geral pensam que aqui é só labregos e que o que é lá de fora é que é bom. É assim que se paga 4 milhões por um jogador com Balboa e é por isso que já no tempo de Camacho quase que se mendigava por um jogador como Soldado e por quem estavam dispostos a pagar mais de 5 milhões.

Isto não pode funcionar assim! Quem manda no futebol tem de ter um papel mais decisivo, mais de comando e não dar carta branca a quem acaba de chegar. Primeiro prova-se que sabe o que se está a fazer depois sim começa-se a dar lhe corda.

Este foi quando a mim um dos erros de Quique. Não conhecia o Benfica, não conhecia o nosso campeonato nem a forma como jogam contra os grandes.

Este plantel foi mal formado. Ficar só com Maxi no plantel é suicida. Ter Léo mas embirrar com ele (não sei quem teve razão) e ficar só com o ruinoso Jorge Ribeiro é assustador.

Pagam 5 milhões por um jogador com Sidney. Isto é ainda mais assustador! 5 milhões!!!!?? Como é possível?? É um jogador banal, que acredito que pode evoluir, mas é no momento banal e que não vale nem ¼ dos 5 milhões. Tendo Luisão, David Luiz e o miúdo Miguel Vítor é absurdo pagar por mais um central.

No meio campo, Quique nunca se entendeu. Ruben Amorim na direita e Katsouranis era o elemento mais estável aparecendo depois ora Yebda ou Carlos Martins. Faltava sempre algo. A coordenação era quase nula, os espaços centrais eram enormes e com isso os centrais sofrem que nem uns condenados.

Reyes foi sendo o mais estável e depois no ataque apostou sempre em Suazo o qual teve quase sempre a companhia de Aimar. Aqui esteve e está provavelmente o maior problema do Benfica. Jogar com Aimar é jogar quase sempre com 10.

Com tudo isto quem foi sempre posto de lado foi Cardozo (outro jogador criticado por tudo e por todos, tendo em vários jogos sido assobiado pelos próprios adeptos) e que agora em virtude da lesão de Suazo provou que é excelente para o nosso campeonato.

A realidade é que Quique tem culpas no cartório. Eu até sou adepto da estabilidade e que há que dar tempo, mas neste momento estou convicto que não tem condições para continuar e que há que mudar de rumo.

É neste sentido que digo que se fosse eu a mandar no futebol encarnado era precisamente no nome que mais se fala que eu apostava para treinador do Benfica: Jorge Jesus!

Desde há muito que sou adepto do gadelhas. É excelente tacticamente, é um líder, conhece perfeitamente o nosso futebol, tem ambição e não é um yes man. Quase todos os seus ex-jogadores falam maravilhas dele. Recordo-me de Sérgio Conceição, Jorge Andrade, Silas, ou o próprio Ruben Amorim.

Claro que para treinar um clube como o Benfica tem de mudar algumas coisas. Jorge Jesus e a língua portuguesa têm alguma dificuldade em se dar bem, é muito vaidoso e maniento (tem a mania que é o rei da táctica) e tem rapidamente de perceber que não pode vir com o choradinho da cansaço físico em virtude dos jogos da UEFA.

Mas é um grande treinador e que acredito que fará do Benfica campeão. Com ele muita coisa mudou, logo a começar pelo sistema de jogo. O 4-4-2 losango é o seu sistema de eleição e com ele jogadores como Di Maria, Balboa e Urreta não têm qualquer hipótese e Reyes terá se jogar mais avançado(que é até onde eu acho que deve jogar, à semelhança do que fazia no Arsenal) isto no caso de ficar.

Os seus avançados são regra geral bastante móveis, pelo que Cardozo será á partida carta fora do baralho (em Braga o sacrificado foi Linz) e quem ganhará com isso será Nuno Gomes que terá muito mais hipóteses de jogar.

Repito, contrataria Jorge Jesus e com ele pelo menos 2 jogares que estão com ele no Braga: Luis Aguiar e Evaldo. Luis Aguiar é perfeito para jogar em 3 das 4 posições do losango e tem um potencial de evolução ainda muito grande.
Evaldo foi quanto a mim o melhor lateral esquerdo do nosso campeonato. Forte fisicamente, marca bem, apoia bem os centrais e sobe bem no terreno. Ambos seriam excelentes contratações.

Em Portugal, tentaria também a contratação de Néné. Pelo que vi é um excelente avançado. Sou apologista da contratação de jogadores que já estão adaptados ao nosso futebol e que já provaram que cá fazem a diferença pelo que o mercado interno seria uma referência. Mas há também o mercado exterior e nele há um jogador que me enche as medidas e que actualmente está desvalorizado, pelo que o seu preço rondará os 5 milhões.

Falo de Rodrigo Palácio do Boca Juniors. Apareceu em alta, brilhou, pediam meio mundo por ele e depois eclispou-se. Mas acho-o um fantástico jogador e será até hoje o jogador mais parecido com Liedson que vi jogar.

Há muito trabalho pela frente e há mudar algumas coisas e fazer opções decisivas e corajosas. Eu se mandasse faria algumas como as anteriormente mencionadas. Rui, lê a aprende!! Aahahahhaha

Etiquetas:

Carlos Miranda & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 12:52 | # este post | # Comentários de mestre (2)
segunda-feira, 11 de maio de 2009
Mais um! (opinião)
O FC Porto sagrou-se ontem tetracampeão do principal campeonato português. As razões do sucesso consecutivo do ''dragão'' são faladas multiplamente em tudo o que é lado e aqui não será excepção!

É inevitável: o Porto é campeão com justiça! Esta frase explica bem o fenómeno que se vai passando, ano após ano, na cidade ''invicta'', e o que vai de mal nos adversários.

O presidente Pinto da Costa é figura de proa no clube portista e apesar das acusações de corrupção que lhe são atribuídas quase diariamente, a verdade é que o Porto vai vencendo com ele no comando... Já são, em 27 anos, 17 os títulos do ''pintinho''. A forma como montou a estrutura do FC Porto permite a qualquer treinador no actual panorama português chegar e ser campeão. Estrutura que é capaz de contratar craques ao submundo ou de amenizar, digamos, os afastamentos no mínimo estranhos de jogadores ao longo da temporada. Parabéns, portanto.


Segue-se o ''mister'' Jesualdo Ferreira, que conseguiu ser o primeiro treinador português a conquistar o tricampeonato. Chegou em 2006, depois de uma saída atribulada do polémico Co Adriaanse, e tinha a tarefa de prolongar o título de campeão de 2005 e fazer boa figura na Champions. Mas, ao longo de 2006 para cá, Jesualdo fez mais do que ser campeão: montou uma equipa imparável e jogadores como Bruno Alves tornaram-se craques de classe mundial. Esta época, unanimemente, fez a melhor equipa do Porto desde o tempo de Mourinho e só um petardo de Ronaldo afastou o ''dragão'' de sonhar alto na Liga dos Campeões. A Liga Portuguesa torna-se já demasiado fácil para o Porto e... para Jesualdo!

Por fim, os artistas. No início da temporada, colocaram-se muitas dúvidas em relação ao valor dos reforços que o FC Porto tinha adquirido para substituir os ''pilares'' Bosingwa, Paulo Assunção e Ricardo Quaresma. Cedo também se percebeu que, para os reforços que tinha contratado, Jesualdo teria de inventar outro sistema táctico para este ''dragão'', e assim fê-lo. Rodríguez, que não é extremo mas sim médio, foi evoluindo jogo após jogo, Sapunaru rubricou exibições positivas, inclusivamente em Manchester, e Fernando fez rapidamente esquecer o adorado/odiado Paulo Assunção. A maior surpresa seria, porém, a aquisição de Cissokho. O defesa esquerdo foi contratado ao Vitória de Setúbal e tinha a missão de ocupar uma das maiores lacunas do Porto e conclui-a, pode-se dizer, na perfeição! É neste momento titular indiscutível dos ''dragões'' e já se fala numa hipotética saída para o Tottenham, de Inglaterra. Destaque também, claro está, para Hulk, não tão surpreendente quanto o defesa francês pelo facto de ter sido bastante elogiado aquando da sua contratação na imprensa, que é um autêntico poço de força e técnica. Os cimentados do Porto, Hélton, Bruno Alves, Raúl Meireles, Lucho e Lisandro também fazem parte do êxito da equipa e merecem todo o mérito exibido.

Haveria muito mais a falar sobre este campeão, mas não vos queremos maçar porque tem sido assim todos os anos. É o Porto e pronto!

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 16:07 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Porto é tetra Campeão; As fotos da festa






















Etiquetas: ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 11:35 | # este post | # Comentários de mestre (0)

Copyright Mestres do Futebol. Todos os Direitos reservados.
Optimizado para Mozilla Firefox 3.5.2