HOME  

AS VOLTAS DA BOLA  

PONTAPÉ NA ATMOSFERA  

PASSA A BOLA  

BOLA EM JOGO  

MERCADO DE TRANSFERÊNCIAS  

sábado, 28 de fevereiro de 2009
Benfica vence Leixões trabalhador
O Benfica derrotou o Leixões por 2-1 e fica provisoriamente a um ponto do FC Porto. Numa primeira parte repartida, os encarnados adiantaram-se com um auto-golo de Elvis. Nuno Gomes aumentou a vantagem aos 67 minutos, mas o golo do Rodrigo Silva e a lesão de Carlos Martins colocaram emoção na partida. As águias sofreram 15 minutos de pressão, mas conseguiram conquistar os 3 preciosos pontos.

O Benfica entrou mais forte no jogo e foi a equipa mais perigosa nos primeiros minutos. O golo surgiu à passagem do minuto 16 quando Reyes furou pela esquerda e centrou forte para Cardozo, no entanto foi Elvis que se antecipou ao paraguaio e teve a infelicidade de abrir o marcador. Poucos minutos volvidos, e foi o central Luisão, que festejou o jogo nº 200 com a camisola das águias, que quase foi feliz num pontapé de bicicleta que passou a escassos centímetros do já batido Beto.

Com o passar dos minutos o Leixões foi subindo no terreno e repartindo o domínio do jogo. Destaque para o bom futebol praticado por ambas as formações que optavam frequentemente pelo passe curto e pelo ataque organizado. As jogadas perto das balizas não se concretizavam em remates perigosos graças a algum acerto defensivo de ambas as partes. Ruben Amorim abandonou o encontro lesionado sendo rendido por Carlos Martins. O intervalo chegou com vantagem encarnada no marcador, mas com um grande equilíbrio na posse de bola.

Na segunda metade o jogo caiu em qualidade, mas aumentou bastante em emoção. O recém-entrado Nuno Gomes aproveitou bem um cruzamento do lado direito de Cardozo para, com um cabeceamento feliz, bater Beto e aumentar a vantagem dos encarnados. O jogo parecia controlado pelos encarnados e Quique colocou Balboa no lugar de Di Maria. Passados 4 minutos tudo mudou. O extremo espanhol teve uma corte infeliz que isolou Rodrigo Silva e o brasileiro rematou por baixo do corpo de Moreira.

Os encarnados seguraram a vitória a muito custo e conseguem assim aproximar-se do FC Porto. A diferença é de apenas um ponto e o Benfica fica a aguardar o desfecho do clássico entre dragões e leões.

fonte: zerozero


Resumo:

Original Video- More videos at TinyPic
Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 15:45 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009
Braga vence Taça Intertoto
A equipa portuguesa vence a competição, porque dos clubes qualificados para a UEFA via Intertoto, é a que chegou mais longe na competição.

O Sporting Braga será, nas próximas horas, notificado pela UEFA, do triunfo na Intertoto. A conquista da competição é atribuída à equipa que se apurou para a Taça UEFA pela via da Intertoto e que chega mais longe na competição.

Depois de já terem sido eliminados, dez dos onze emblemas apurados para a UEFA via Intertoto, o Braga é o único emblema que chega aos oitavos de final da UEFA, logo, o vencedor da edição 2008 da Taça Intertoto.

Recorde-se que já foram eliminados da Taça UEFA, Aston Villa, Grasshopper. Elfsborg, Corunha, Rosenborg, Vaslui, Sturm Graz, Nápoles, Rennes e Estugarda.

O Braga torna-se na primeira equipa portuguesa a vencer a Taça Intertoto.

fonte: rr.pt

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 19:33 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Taça UEFA: Standard 1-1 (1-4) Sp. Braga; resultados dos restantes jogos


Resultados da 1.ª e 2.ª mãos:

Estugarda-Zenit: 1-2 / 1-2
St. Etiènne-Olympiakos: 3-1 / 2-1
CSKA-Aston Villa: 1-1 / 2-0
AC MIlan-W. Bremen: 1-1 / 2-2
Metalist-Sampdoria: 1-0 / 2-0
Hamburgo-NEC: 3-0 / 1-0
Wolfsburgo-PSG: 0-2 / 1-3
Galatasaray-Bordéus: 0-0 / 4-3
Deportivo-Aalborg: 0-3 / 1-3
St. Liège-Sp. Braga: 0-3 / 1-1
Udinese-Lech Poznan: 2-2 / 2-1
Tottenham-Shakhtar: 0-2 / 1-1
Man. City-Copenhaga: 2-2 / 2-1
Ajax-Fiorentina: 1-0 / 1-1
Twente-Marselha: 1-0 / 0-1 (6-7 gp)
Valência-Dínamo Kiev: 1-1 / 2-2

Quadro completo dos jogos dos oitavos-de-final:

PSG (França)-Sp. Braga (Portugal)
Werder Bremen (Alemanha)-St Etiénne (França)
CSKA Moscovo (Rússia)-Shakhtar Donetsk (Ucrânia)
Man. City (Inglaterra)-Aalborg (Dinamarca)
Udinese (Itália)-Zenit (Rússia)
Dínamo Kiev (Ucrânia)-Metalist (Ucrânia)
Marselha (França)-Ajax (Holanda)
Hamburgo (Alemanha)-Galatasaray (Turquia)

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 16:41 | # este post | # Comentários de mestre (0)
quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009
Sporting humilhado em Alvalade
O Sporting sofreu esta noite um rude golpe nas suas aspirações à passagem para a próxima fase da Liga do Campeões, ao sofrer uma pesada derrota no Estádio José Alvalade frente ao Bayern Munique. A formação alemã venceu por cinco bolas a zero, com golos de Ribéry, Klose e Luca Toni.


Na primeira presença do Sporting nesta fase da competição, nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, o Sporting defrontou um Bayern Munique que perdeu as últimas duas partidas para o campeonato. Cerca de 35 mil espectadores presenciaram a partida no estádio José Alvalade.

Porém, os últimos resultados da formação alemã não afectaram o seu desempenho. Apesar de o Sporting ter tido um bom início de jogo, chegando mesmo a gritar-se golo em Alvalade quando Lahm cortou de cabeça sobre a linha de golo um remate de Polga, o Bayern Munique acabou por impor uma pesada derrota à formação orientada por Paulo Bento, dando um rude golpe nas aspirações do Sporting para a Liga dos Campeões.

O resultado começou a ser desenhado aos 42 minutos da primeira parte, quando Derlei falhou um passe em zona proibida. A bola acabou por sobrar para Ribéry, que passou pelos dois centrais do Sporting e, perante a oposição de Tiago, colocou a bola por baixo do corpo do guarda-redes leonino.

Logo no início do segundo tempo, e quando o Sporting procurava reagir ao golo sofrido ainda nos primeiros quarenta e cinco minutos, Klose aumentou a vantagem para a formação bávara no seguimento de um cruzamento na direita, com Luca Toni a desviar primeiro, e o avançado alemão a finalizar ao segundo poste, ficando a ideia que o jogador do Bayern estaria em posição irregular no momento do golo.

O terceiro golo foi apontado por Ribéry, no seguimento da cobrança de uma grande penalidade cometida por Rochemback sobre Lahm. Os últimos dois golos da formação alemã foram apontados por Luca Toni.

Com este resultado na primeira-mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões o Sporting sofre um rude golpe nas suas aspirações e muito dificilmente conseguirá passar aos quartos-de-final da prova.

Resumo:

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 21:58 | # este post | # Comentários de mestre (1)
GOLO DA SEMANA
O GOLO DA SEMANA surge com algum atraso, e desde já as nossas desculpas por isso. O golo eleito é o de Liedson -o primeiro, na sua conta pessoal- no derby entre Sporting e Benfica, que terminou a 3-2. Um remate perfeito do «Levezinho», deixando Moreira sem qualquer hipótese de defesa.

A trivela de Liedson...

Etiquetas:

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 20:25 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Liga dos Campeões: Atl. Madrid 2-2 FC Porto

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:33 | # este post | # Comentários de mestre (2)
terça-feira, 24 de fevereiro de 2009
Carlos Carvalhal - Maritimo
O novo treinador do Marítimo será Carlos Carvalhal para trazer a objectividade e realidade às aspirações europeias da equipa do Funchal.

1998-2000 Sp. Espinho
2000-2001 D. Aves
2001-2003 Leixões
2003-2004 Vit. Setúbal
2004-2006 Belenenses
2006 Sp. Braga
2007 Beira-Mar
2007-2008 Vit. Setúbal
2008 Asteras Tripolis
2008-2009 Maritimo

Etiquetas: , , ,

Nelson Motta & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 19:36 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Nené de saída
Uma das principais figuras do campeonato nacional está de saída para a Rússia. O ponta-de-lança do Nacional da Madeira, Nené, é cobiçado pelo Lokomotiv Moscovo, que está disposto a oferecer 4 milhões de euros pelo brasileiro.

Ao que consta, a saída do principal goleador da Liga Sagres está mesmo para breve, sendo que o seu último jogo em solo luso será após o jogo da Taça de Portugal, a 4 de Março.

O Lokomotiv dispõe de vários previlégios para garantir os serviços de Nené. Para além dos 4 milhões de euros, as inscrições do futebol russo terminam apenas a 15 de Março, o que dá ao clube de Moscovo uma maior margem de manobra para colocar o negócio a seu favor.

Etiquetas: , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 13:50 | # este post | # Comentários de mestre (2)
domingo, 22 de fevereiro de 2009
EXCLUSIVO MdF perto de se concretizar
Há dois dias, os Mestres do Futebol adiantaram, em primeira mão, o acordo entre FC Porto e Sp. Braga para a transferência de Orlando Sá. Hoje, o jornal O JOGO, o melhor dos três desportivos a nível de contratações, adianta:

«Orlando Sá referenciado

O FC Porto também está interessado na contratação de Orlando Sá, avançado do Braga que foi recentemente chamado por Queiroz para a Selecção Nacional. O negócio ainda não foi concretizado, mas já houve conversas entre as três partes envolvidas.»

Apesar de o diário não confirmar o negócio, os MdF sabem que o acordo já foi alcançado.

Mais um passo para a subida de qualidade deste espaço!

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:36 | # este post | # Comentários de mestre (6)
DERBY: Leão vence e continua na luta

O Sporting venceu o Benfica, por 3-2, e relançou-se na luta pelo título, ao igualar os ''encarnados'' na classificação. Liedson foi novamente o carrasco benfiquista ao apontar dois dos três golos dos ''leões''.

Com estádio quase lotado, o técnico Paulo Bento decidiu fazer algumas alterações no ''onze'', ao apostar em Grimi e Hélder Postiga e manter Pedro Silva. Por outro lado, Quique Flores lançou a equipa já esperada.

Os da «casa» entraram em campo com mais determinação e rapidez na disputa da bola, enquanto que o adversário pautava pelo nervosismo, que ficou evidente em David Luiz aquando do primeiro golo, aos 11 minutos. O defesa ''encarnado'' inventou em zona proibída com Liedson, o que iria originar um canto. Na sequência desse canto, o ''levezinho'' desfere uma trivela perfeita, que só termina nas redes da baliza de Moreira.

O Benfica entrou mal no jogo, e só aos 24 minutos atacou com perigo a baliza de Tiago, com Yebda, na sequência de um livre de Reyes, a atirar a bola ao poste. Este lance despertou os ''encarnados'' que subiram a produção no jogo e a disputa pelos três pontos começava a surgir. Até que aos 37 minutos, o Benfica chega mesmo ao golo do empate, por Reyes, na marcação de uma grande penalidade a castigar Polga pelo derrube a Suazo.

Três minutos depois, o Sporting reclamam, com razão, mão na bola de Maxi Pereira. O árbitro, Olegário Benquerença, deixou seguir. Assim como deixou seguir, logo aos 5 minutos de jogo, na área dos ''leões'', o ''abraço'' de Rochemback a Aimar.

A etapa regulamentar mostrou um Sporting demolidor, que acabaria por marcar dois golos. Dois minutos apenas foi o tempo preciso para Derlei chegar ao 2-1: passe longo de Polga, e o ''ninja'', com David Luiz mais uma vez mal na fotografia, ao abordar mal o lance, remata forte para bater Moreira.

O segundo golo dos ''leões'' foi o prenúncio do «vendaval» atacante que se viria a seguir, pela parte do Sporting. Após várias ocasiões de golo, os da «casa» chegam (82') ao tão desejado tento. Jogada perfeita do entrado Bruno Pereirinha, onde mais uma vez David Luiz está envolvido no lance, que faz um exímio cruzamento para a cabeça de Liedson, que coroava a sua excelente exibição com o segundo golo na partida.

O Benfica, sem ideias, acabaria por reduzir a desvantagem (90') por intermédio de Cardozo, que responde da melhor forma a um excelente cruzamento de Maxi Pereira. Não foi, ainda assim, suficiente para evitar o desaire em Alvalade.

Com esta vitória, o Sporting continua na luta pelo título, conseguindo um excelente prenúncio para o difícil desafio que se avizinha para a Liga dos Campeões, com o Bayern Munique. O Benfica interrompe assim um série de nove jogos sem perder, sendo que para a próxima jornada recebe o surpreendente Leixões.

FICHA DE JOGO:
Liga Sagres – 19ª jornada
2009-02-21
Estádio José Alvalade

Árbitro: Olegário Benquerença (Leiria)
Árbitros assistentes: Bertino Miranda e José Cardinal.

Ao intervalo: 1-1

SPORTING: Tiago; Pedro Silva, Daniel Carriço, Anderson Polga, Grimi, Rochemback, Izmailov (Tonel, 90+1 m), Moutinho, Vukcevic (Pereirinha, 74 m), Liedson e Hélder Postiga (Derlei, 27 m).
Treinador: Paulo Bento.
Suplentes não utilizados: Ricardo Batista; Caneira, Yannick Djaló e Romagnoli.

Disciplina: Cartão amarelo para Polga (36 m) e Rochemback (67 m).
Golos: Liedson (11 e 83 m) e Derlei (48 m).

BENFICA: Moreira; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei, David Luiz, Ruben Amorim (Nuno Gomes, 79 m), Yebda (Di Maria, 58 m), Katsouranis, Reyes, Aimar e Suazo (Cardozo, 66 m).
Treinador: Quique Flores.
Suplentes não utilizados: Quim; Binya, Carlos Martins e Miguel Vítor.

Disciplina: Cartão amarelo para Yebda (8 m), Aimar (44 m), Ruben Amorim (61 m), Reyes (76 m) e Sidnei (77 m).
Golos: Reyes (37 m g.p.) e Cardozo (90 m).

NOTAS MESTRES DO FUTEBOL:
Melhor em campo: Liedson (nota 5); o «levezinho» voltou a ser carrasco benfiquista, ao marcar dois grandes golos, confirmando mais uma vez o estatuto de melhor ponta-de-lança a actuar em Portugal.

Melhor do Benfica: Cardozo (nota 4); numa exibição tão pobre do Benfica é difícil encontrar um destaque, mas o paraguaio entrou muito bem no jogo, ao arrancar sucessivas faltas. Mais tarde, acabaria por assinar um bom golo.

Paulo Bento (nota 5); o técnico sportinguista esteve brilhante na abordagem ao jogo, ao anular as peças-chave do Benfica e actuando sempre no erro do adversário. Na segunda-parte, a entrada de Pereirinha foi fulcral para a confirmação da vitória.

Quique Flores (nota 1); o treinador espanhol esteve muito longe de conseguir aquilo que conseguiu no Dragão, e quando se pedia, aquando do 2-1, um construtor de jogo -Carlos Martins, por exemplo- Quique lançou Dí Maria, que nada fez no jogo. O extremo Reyes jogou os 90 minutos sem o merecer. Devia ter saído.

Olegário Benquerença (árbitro da partida) (nota 2); no campo disciplinar, deixou Liedson cometer demasiadas faltas sem levar cartão amarelo. A nível técnico deixou passar em claro uma grande penalidade a favor do Sporting.


Resumo do jogo:

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 13:14 | # este post | # Comentários de mestre (1)
sábado, 21 de fevereiro de 2009
Futebol Internacional - International Football

O relógio que marcava 22 horas sem sofrer qualquer golo pelo Manchester United foi alterado. Roque Santa Cruz mudou as baterias e colocou tudo na estaca zero desse mesmo record que os Red Devils ostentavam. Contado ao minuto, 1337 foi o número do record do Man Utd.

O Man Utd apresentou Kuszczak, Evans, Rafael, Evra, Ferdinand; Scholes, Carrick, Nani, Ronaldo, Berbatov e Rooney.

O Blackburn Rovers colocou o seguinte 11 – Robinson, Ooijer, Warnock, Nelsen, Dunn; Grella, Pedersen Gamst, Andrews, Givet; Santa Cruz, Diouf.

Um jogo muito equilibrado em Old Trafford, imagem que já não se visualizava há muito tempo e é nesta competitividade que o Internazionale de Mourinho pode aproveitar e causar a mesma surpresa que em tempos o Porto orquestrou ao leme de Mourinho quando Costinha teatralizou e fez com que o Porto eliminasse os Red Devils.

Um golo no segundo terço da primeira parte e com um passe nesse, igual, último terço de terreno por Nani potenciou o golo de Rooney. Um passe de ruptura fantástico do internacional português fez com que McRooney encostasse e fizesse tremer as redes do internacional Paul Robinson.

O Man Utd acomodou-se muito a essa vantagem e teve imensas perdas de bola principalmente por parte de Ronaldo, Nani e Rooney que se eclipsaram da partida nos restantes 25 minutos da primeira parte.

32 Minutos era o tempo que marcava no relógio quando Ooijer efectuou uma abertura clássica para Roque Santa Cruz trespassar a defesa do United e o seu guardião e silenciar o teatro dos sonhos. Com esse mesmo golo o Rovers cresceu e passou a dominar a partida, quando o melhor que o Man Utd fez foi obter um golo, rapidamente anulado pelo árbitro por pretensa falta cometida de Ronaldo e/ou Evans, apesar de não se vislumbrar essa mesma infracção, ainda assim não contestada quer pelos jogadores, quer pelos adeptos de Manchester.

Ronaldo poderia ter sido expulso aos 53 minutos por agressão a um jogador que passou em claro pelo árbitro da partida e poderá vir a ser penalizado pela federação como outros jogadores têm sido neste tipo de jogadas. Aos 56 minutos, Ronaldo viu a cartolina amarela por simular uma falta à entrada da área, facto que não impressionou o juiz da partida, que apesar da posição difícil, tomou a decisão de maneira acertada.

Aos 57 minutos o Blackburn através de Nelsen enviou a bola ao poste e na recarga o Rovers não conseguiu marcar, sendo que a equipa forasteira orientada pelo Big Sam transformou o seu jogo numa consequência dos ataques do Man Utd, ou seja, virou a sua plataforma táctica para o contra-ataque.

Aos 59 minutos, numa partida muito emocionante chegou o golo na cobrança de um livre directo precioso de Ronaldo. Remate portentoso com o seu pé direito em arco na extremidade da área a bater a barreira de 3 homens do Rovers e a colocar o Man Utd na frente. Assim sendo, Ronaldo eleva para 43 o número de golos nas suas últimas 49 entradas efectuadas no onze inicial. 12 Golos na Premier League esta temporada.

A estreia de Arshavin foi insuficiente para ultrapassar a defesa do Sunderland no jogo deste fim-de-semana do Arsenal que culminou com o empate a 0-0.

Aos 63 minutos o jogador russo acabou por ser substituído por Carlos Vela, dado a não potenciar o match fitness que compreende a Premier League e a debater-se com alguns problemas físicos nessa óptica. Um jogador com imenso potencial que será trabalhado pelas mãos de Wenger, o treinador que, é bem conhecido, pela sua formação de grandes jogadores e potenciar um crescimento a larga prazo dos mesmos, ainda que por vezes essa mesma situação não vá de encontro aos títulos para o museu dos triunfos dos Gunners.

Chelsea comandada por Guus Hiddink arrancou uma preciosa e inesperada vitória no Villa Park, frente ao Aston Villa de Martin O’Neill.

Lampard com um passe preciso para Anelka fez com que o francês tirasse partido dessa mesma situação e fizesse o 1-0 com que inclusive terminou a partida, subindo assim para 15 o número de golos de Anelka na Premier League da presente temporada.

Jogo igualmente equilibrado e com chances de parte a parte, mesmo quando o maior domínio dentro desse equilíbrio passou sempre pela equipa da casa que esteve perto de empatar quando Ashley Young num seu trademark livre directo enviou a bola ao travessão, sendo assim insuficiente para cancelar o golo dos Blues.

Ballack posteriormente também fez com que a bola embatesse no ferro, porém numa altura da partida já mais descendente e sem muito para oferecer.

Hiddink rejeitou as sugestões de Anelka para jogar somente com um avançado e fez com que Drogba acompanhasse o internacional francês na linha mais dianteira do clube londrino. Cech, Paulo Ferreira, Bosingwa, Alex, Terry; Mikel, Lampard, Ballack e Kallou constituíram a restante formação sendo que Deco entrou como substituto aos 55 minutos para o lugar de Kallou para redimensionar o meio campo do Chelsea e centralizar mais o seu jogo. Quaresma não foi utilizado ficando assim no banco durante a partida.

O adversário do Man Utd na presente edição da Liga dos Campeões foi arrancar uma complicada vitória ao campo do Bologna treinado pela ex-estrela do clube milanês, Sinisa Mihaljovic.

O Internazionale de Mourinho condimenta e incrementa assim a sua posição no topo da tabela e permite manter a moral da equipa em alta para a partida da primeira-mão da competição europeia que tão importante será para a carreira quer do Internazionale, assim como os seus jogadores, principalmente Zlatan ( que busca um título individual que acaba por fugir-lhe devido à ausência de títulos a um nível europeu ) e o treinador português, José Mourinho.

O jogo foi morno na primeira parte, sendo que o empate a zero foi o resultado com que a partida chegou ao intervalo. 0-0 no início, e Mourinho já a pensar na partida de 3ª feira para a Liga dos Campeões poupou Muntari e colocou Stankovic, sendo que posteriormente trocou Adriano por Vieira e Maxwell por Balotelli entre os minutos 77 e 81.

Aos 56 minutos Cambiasso fez o 0-1 para o Internazionale após cabeceamento de Adriano.

Seguiu-se um domínio da equipa da casa que se lançou ao ataque, precisando de ponto para fugir à descida de divisão, e neste propósito Mingazzini esforçou-se por conceder algum brilho Julio César que manteve a baliza bem guardada com defesas de grande nível.

Porém, esforço, dedicação e cultura são as chaves para o sucesso e felicidade na vida, segundo Nelson Motta e de parte a parte, isso acabou por ser reflectido nesta partida.

Aos 78 minutos, o uruguaio Miguel Britos, encontrou o caminho das redes do Internazionale e 1-1 cabeceamento sofrido no golo foi cabeceamento marcado na resposta.

Vislumbrando também uma perspectiva mais táctica da partida, também segundo a óptica de Nelson Motta e outros críticos mais influentes do desporto rei, os jogos ganham-se a partir do banco. Não demorou muito tempo, a que Mourinho consagrasse razão a essa mesma máxima retirando da cartola o internacional italiano Mario Balotelli aos 81 minutos. 60 segundos foi o tempo necessário para que a equipa de Mourinho tomasse de vencida a partida e intensificasse a supremacia do treinador português, e de pontapé livre o golo nasceu após a bola passar por todos os membros na área sem que nenhum tocasse e foi-se alojar no canto da baliza.

9 pontos já leva o Internazionale sobre a Vecchia Signora, dado que a Juventus conseguiu vencer fora o Palermo por 0-2 através de golos de Sissoko & Trezeguet.

De Espanha, falamos também do topo da tabela resumida à luta entre Barcelona e Real Madrid.

Barcelona-Espanhol - De La Peña marcou 2 golos no espaço de 2 minutos, ( 50/52 mins. )em casa do Barcelona no derby catalão para dar uma vantagem preciosa que somente foi cancelada por Touré aos 62 minutos, golo esse insuficiente para que o Barcelona pudesse escapar à derrota inesperada em casa. Digno de um derby, 7 cartões amarelos para o Barcelona mais um cartão vermelho para Keita aos 38 minutos que ajudaram a redimensionar o jogo do Espanhol, que acabou também por ver 5 amarelos.

Enquanto o Barcelona sofre um declínio aparente depois do suado empate com o Bétis e agora esta derrota com o Espanhol, o adversário mais directo dos Blaugrana, o Real Madrid encaixou 6-1 aos Bétis de Ricardo.

Golos de Higuaín, Sérgio Ramos, bis de Raul e o interessante bis de Klaas-Jan Huntelaar que passa de contestatário a contestar a sua posição da linha ofensiva do Real Madrid, consagrando, desta forma, dores de cabeça construtivas e positivas ao técnico Juande Ramos. Interessante de mencionar que o resultado desta partida foi feito nos primeiros 45 minutos.

Sendo assim, Real Madrid aproxima-se do Barcelona, reduzindo para 7 pontos a vantagem da equipa da Catalunha, 2º e 1º classificados.

Partindo para a Alemanha e dando a conhecer o percurso do Bayern M., próximo adversário do Sporting, centramo-nos na Bundesliga para finalizar a rubrica do futebol internacional.

Num fim-de-semana em que no topo da tabela, e falamos de uma competição a 6 para o título final, existiram alterações determinantes.

Assim, Hertha de Berlim perde fora com o Wolfsburgo por 2-1; Hoffenheim empata a 3 igualmente fora com o Estugarda; Bayern foi a única equipa da frente que perdeu em casa, 1-2 contra o Colónia de Chris Daum.

E a tabela faz jus à competição existente, ora observem:

1- Hoffenheim 40 P

2- Hertha 40 P

3- Hamburgo 39 P ( - 1 J – Bayern 04 )

4- FC Bayern 38 P

5- Bayer 04 36 P ( - 1 J – Hamburgo )

6- Wolfsburgo 36 P

Fantástico – É o adjectivo que identifica esta Liga.

Do 9º classificado, Schalke 04 até ao 1º classificado, Hoffenheim encontra-se uma distância pontual de 9 pontos. Do último, M’gladbach até ao 10º, Colónia estão 12 pontos a separar.

Falando da partida que consagrou o 150º jogo do polémico treinador Christophe Daum, O Bayern não conseguiu aguentar a pressão deste fim-de-semana que colocava os primeiros 6 classificados em despiques que poderiam alterar o quadro classificativo.

O Bayern ainda tomou a iniciativa do jogo numa fase inicial e inclusive viu um golo ser anulado, sem que se perceba a razão aparente, aos 13 minutos, mas como equipa que não marca “oficialmente”, sofre, o Colónia marca aos 23 minutos por intermédio de Vucicevic. 23 minutos + 10 minutos equivale ao timing do segundo golo da partida pertencente ao Colónia, desta vez marcado por Brosinski que se estreava na partida.

Oddo emprestado pelo Milão ao Bayern ainda teve algum impacto na manobra da equipa ao providenciar os ataques da equipa de Munique, porém de forma inglória.

Klose teve uma partida brilhante, apesar de não ter concretizado qualquer dos seus esforços ofensivos, mas aguardam-se dificuldades para a defesa leonina perante este imperante e vigoroso atacante polaco naturalizado germânico.

3-0 seria o resultado ao intervalo caso Novakovic tivesse endossado a bola ao isolado e internacional português Petit, ex-Benfica, porém o egoísmo do jogador esloveno gorou a chance na Allianz Arena e assim se foi para o intervalo.

Juergen Klinsmann tentou mudar a partida substituindo o igualmente polaco naturalizado alemão, Łukasz Podolski “Prinz Poldi”, melhor jogador jovem do mundial de 2006 e que no final da época se vai juntar ao Colónia. O avançado germânico saiu para dar lugar ao norte-americano Landon Donovan e Altintop entrou também para o lugar de Schweinsteiger, que costuma fazer a vida negra ao Sporting com os seus efectivos remates de longa distância.

Com esta troca, o Bayern melhorou um pouco, mas não o suficiente para conseguir reduzir a vantagem de 2 golos, assim sendo só facturou um golo 1-2 por Van Buyten.

A evolução do Bayern na partida foi visualizada através de uma maior agressividade na transição defesa-ataque e consequente posse de bola, pressão no campo do adversário.

Bayern apresentou Rensing, Oddo, Van Buyten, Demichelis, Lahn, Van Bommel, Ze Roberto, Schweinsteiger, Ribery, Klose e Podolski com substitutos utilizados, Borowski, Altintop e Donovan.

Etiquetas: , , , , , , , , , ,

Nelson Motta & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 18:10 | # este post | # Comentários de mestre (2)
FC Porto vence Paços Ferreira (0-2) e aumenta vantagem na liderança

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 13:54 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009
EXCLUSIVO MdF: Orlando Sá a caminho do FC Porto

O avançado Orlando Sá, actualmente no Sp. Braga, está a caminho do FC Porto. Os Mestres do Futebol tiveram acesso a fonte próxima do atleta, que confirmou a transferência para os campeões nacionais, já na próxima época. A boa relação entre ''dragões'' e ''minhotos'' foi chave para a concretização do negócio.

Infelizmente, os Mestres do Futebol não têm ainda os dados da duração de contrato e valor de transferência, mas o acordo entre clubes está confirmado.

Recorde-se que no recente mercado de inverno, Orlando Sá esteve muito próximo de assinar pelo Chelsea, mas o Sp. Braga exigiu demasiado pelo avançado e o acordo não se concretizou.

O jovem internacional português consegue assim o salto para um 'grande', sendo que há pouco mais de 7 meses estava no Maria da Fonte, da II divisão nacional. Orlando Sá, de 20 anos, tem sido recentemente apelidado de futuro 'matador' da Selecção Nacional.

Etiquetas: , , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 13:53 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Mercado Internacional
Após a notícia que coloca Orlando Sá no FC Porto proveniente do Sp. Braga, segue-se a dança das transferências e pseudo-movimentos de mercado futebolístico na preparação da próxima temporada.

David Beckham parece estar mais próximo de ficar em Milão por mais uma temporada, dado que as negociações com o L.A. Galaxy já se encontram avançadas face ao pressing dos italianos que fez deslocar massivamente a sua comitiva empresarial para que seja possível a concretização do negócio mais cedo do que tarde.

O Arsenal, Chelsea, Manchester City e Tottenham Hotspur estão conectados com a aquisição do avançado Henri Saivet que actua no Bordeaux, jovem jogador de 18 anos a quem tem sido dado o apelido de Henry a grande estrela do Barcelona. O que tem vindo a dificultar a apreciação ao percurso do jogador nativo do Senegal tem sido as lesões que têm fustigado o próprio no decorrer desta temporada.

Vagner Love parece continuar o namoro de longo prazo com o Everton e o CSKA Moscow tem cedido nas negociações sobre a estrela canarinha que tem uma componente técnica tremenda e um nível estatístico que fala por si, 85 golos em 147 partidas.

Novela brasileira também é a que está no panorama transalpino/germânico, sendo que a Juventus continua a lutar pela aquisição do ex-Porto Diego, o número 10 que gera a criatividade do meio campo do Werder Bremen. Os Bianconeri parecem querem substituir o checo Nedved com alguém que potencie os seus pergaminhos futebolísticos e recai sobre Diego a preferência da escolha, apesar de mais cartas no baralho estarem a ser jogadas.

Huntelaar como já reportado aqui nos Mestres Do Futebol, continua a treinar condicionado psicológico-emocionalmente face à sua aquisição ter sido tomada com base na aspiração merengue de substituir a prazo Van Nistelrooy e mesmo assim Juande Ramos prefere moldar a táctica de los Blancos e não dar tanta visibilidade ao serial goal Killer ex-Ajax. Assim, Huntelaar parece estar um pouco mais confortado com o potencial interesse do Arsenal, e a entrada para uma liga ainda mais competitiva que a espanhola, a Premier League. Estará Eduardo preparado para este clash de avançados prolíficos?

Eto’o falado para o Real Madrid do potencial vencedor na eleição de novo presidente do Real Madrid no vindouro verão parece ser uma carta jogada fora do baralho, uma vez que o jogador camaronês não é bem visto pelos adeptos merengues face a algumas afirmações mais quentes que levou a público após o Barcelona ter levantado o título de campeão. Thierry Henry poderá estar de malas aviadas para Tyneside para jogar ao lado de Owen, porém quer a transferência do francês assim como a permanência do avançado inglês estão dependentes da oferta lançada ao clube, Newcastle. Aguardam-se desenvolvimentos neste campo, dado que as ofertas mais recentes não trouxeram frutos face à instalada recessão nos mercados económicos.

O escocês Craig Beattie, ex- WBA, assinou com o Sheffield United da Championship em Inglaterra para re-dinamizar a sua carreira aos 25 anos, sendo que busca um lugar ao sol numa equipa que tem uma ambição clara de voltar a fazer parte do quadro principal do futebol inglês já na próxima temporada.

Fernando Meira, o internacional português, apesar de vir a público dizer que está satisfeito com a vida em Instanbul, tem estado ligado a múltiplos clubes entre os quais o FC Porto, Vitória de Guimarães e Zenit. Na invicta segue-se o jogador como potencial substituto para Bruno Alves que é seguido pelo Chelsea, Manchester City, Juventus e Barcelona; Na cidade berço é muito falado o regresso do jogador português uma vez que tem uma paixão pelo clube e tem vindo a seguir o seu crescimento em larga escala ao leme de Manuel Cajuda; Relativamente ao Zenit a sua proximidade com Danny podem estar na ordem do dia relativamente a uma potencial transferência, sendo que a versatilidade do trinco português na zona defensiva parece ir de encontro ao interesse dos russos de se reforçarem num sector mais atrasado.

Suazo, é nome que ecoa na nação hondurenha e em Portugal nos corações da alma benfiquista dada a ligação que se criou entre o jogador e os adeptos. Com ganas de vencer e demonstrar o seu valor, Suazo não se deixou iludir pelo seu valor e anterior currículo, assim como sucedeu com outros jogadores do plantel vermelho e branco. Suazo sente-se bem e a sua família pareceu adaptar-se à realidade da capital lusa, sendo que essa situação estará a determinar a vontade do avançado em continuar mais uma época no clube da Luz e valorizar assim o seu passe antes que o retorno ao Internazionale possa passar a ser algo concreto, dado que Suazo não está muito aberto face à eventual concorrência na linha avançada Nerazzurri.
Ainda assim, David Moyes e Martin O’Neill seguem de perto o internacional hondurenho de 29 anos para massificar as suas linhas ofensivas, facto que tem sido seguido também atentamente por Don Nico que optimiza o valor do jogador através do interesse de clubes tão proeminentes, sendo que garante que o seu filho está bem no berço da Luz.

Finalizando, Scolari após o despedimento dos Blues, parece querer continuar a vestir de azul, porém com um tom mais celeste, e Manchester City é um dos nomes falados, sendo que existe a já mencionada concorrência de Mancini, Hiddink, A. Grant e inclusive do actual Mark Hughes, que apesar, de estar no coração dos celestes de Manchester, continua desenquadrado com a política de aquisições sonantes ( ainda por demonstrar na prática ) do board do City.

Falando do Chelsea, Guus Hiddink que garantiu categoricamente que o seu deadline como treinador dos Blues é no final da temporada, dado que se encontra concentrado na selecção russa de futebol, a dança de treinadores optimiza um nome para que seja o Don Chelsea Coach.

A perspectiva mais sonante vêm da nostalgia do clube, ou seja, falamos de Gianfranco Zola e Steve Clarke que assumiram esta temporada o comando técnico no vizinho West Ham. A preferência dos adeptos recai igualmente sobre os mesmos, potenciando tempo para as conquistas de títulos e organização directiva e da equipa em si como um todo na mesma margem de progressão que lançam Zola & Clarke na rota de colisão dos triunfos.

A dupla funcionou muito bem separadamente e em convergência durante as temporadas de 1987-2003. Uma hegemonia por completo quando o Chelsea conquistou imensos fans devido à paixão que se fotografava dentro de campo e era a imagem de marca do clube.

Entretanto Zola saiu, permaneceu Steve Clarke na parte managerial e tudo indica que foi o mesmo que condimentou de forma instrumental com José Mourinho a conquista dos troféus que gerou o maior reconhecimento recente do Chelsea.

Etiquetas: , , , , , ,

Nelson Motta & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 13:23 | # este post | # Comentários de mestre (1)
quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009
Enorme Braga vence 3-0 o Standard Liège
O Sp. Braga goleou esta noite o Standard Liège (3-0) e dá um passo gigante rumo aos oitavos-de-final da Taça UEFA. Um resultado promissor que dá à equipa dos «minhotos» uma maior segurança para o jogo da segunda-mão.

Em mais uma lição táctica de Jorge Jesus, o Braga entrou na partida mostrando que não era inferior ao seu adversário e aos 17 minutos Renteria, a passe de César Peixoto, remata de forma espectacular fazendo o primeiro golo do jogo. Cerca de dez minutos depois, os ''minhotos'' ampliam a vantagem através de um golo de André Leone, na sequência de um livre indirecto.

A segunda metade mostrou um Sp. Braga mais de contenção de bola, mas mesmo assim foi equipa da casa quem continuou com as ''rédeas'' do jogo e aos 84 minutos acabaria por marcar o terceiro e último golo do jogo. Numa grande jogada, ao primeiro toque, Luís Aguiar, isolado, remata colocado com êxito.

foto: abola.pt

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:51 | # este post | # Comentários de mestre (0)
OLHEIRO: Yazalde
A rubrica «OLHEIRO» regressa, desta vez para falar sobre o mais recente reforço do Rio Ave, o avançado Yazalde, que despontou na primeira metade da temporada ao serviço do Varzim, na Liga Vitalis.

Com apenas 20 anos e presença assídua nas camadas jovens da selecção portuguesa, Yazalde Gomes Pinto fez toda a sua formação ao serviço do Varzim, onde acabaria por mostrar todas as suas credenciais. O talento a nível sénior começou a ser exibido a época passada, na Liga Intercalar, onde marcou 3 golos. Foi então nessa altura que o interesse de clubes do primeiro escalão se iniciou, com os rivais Braga e Vit. Guimarães a surgir em primeiro plano. O jovem avançado acabaria a temporada com 5 golos marcados.

No inicío da presente época, ‘’Cucochila’’, alcunha inventada já dos tempos de infantis, alcançou um lugar na equipa principal do Varzim, fruto da boa recta final que protagonizou na última temporada. Rapidamente tornou-se na figura de proa do «onze» varzinista, ao completar 5 golos em 12 jogos, o que espelhou a sua importância no Varzim.

Com números tão favoráveis, logo se viu que a estada do filho de Jaime Graça na Liga Vitalis ia ser sol de pouca dura. O Sp. Braga foi o clube a ganhar a corrida pelo avançado, num vasto lote de equipas interessadas no prodígio. Com cinco avançados no plantel, Yazalde não encontrou espaço nos ‘’minhotos’’ e rumou ao Rio Ave, por empréstimo, onde agora está a dar nas vistas. Até ao momento, Yazalde leva 3 jogos pelos ‘’vila-condenses’’ tendo já marcado um golo e rubricado uma belíssima exibição no estádio da Luz, contra o Benfica.

Yazalde Gomes Pinto tem na velocidade e no poder de explosão os seus maiores trunfos. É também um avançado com técnica de finalização aprimorada e é capaz de marcar golos de cabeça (à primeira vista até pode parecer um atleta de baixa estatura mas mede 1.83m). Para a próxima época ''Cucochila'' ficará com certeza no plantel principal do Sp. Braga e confirmar-se-á como um valor do futebol português. E, numa altura em que Carlos Queiroz faz alguns testes para a Selecção Nacional, porque não chamar este jovem atacante? Por nós, era certo!

DADOS PESSOAIS
Nome: Yazalde Gomes Pinto
Nacionalidade: Portugal
Nascimento: 1988-09-10 (20 anos)
Naturalidade: Vila do Conde - Portugal
Posição: Avançado
Altura. 183 cm
Peso: 79 kg

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 18:18 | # este post | # Comentários de mestre (1)
terça-feira, 17 de fevereiro de 2009
Histórias do futebol

O futebol está, actualmente, pautado pelas transferências que geram milhões de euros e que tornam o desporto em um negócio. Hoje, os Mestres do Futebol apresentam-lhe uma simples estória/história, que mostra que o futebol, como paixão, ainda existe... (não custa nada ler)


retirada do site MaisFutebol

Um jovem da Guiné fugiu para o Brasil com o sonho de um dia ser como Kaká, estrela brasileira do Milan. Fintou o obstáculo da língua (apenas fala francês), passou fome durante cinco dias e viajou clandestinamente num barco rumo ao Brasil, o país onde quer jogar futebol.

«O meu maior sonho é um dia jogar como Kaká, Ronaldinho ou Robinho. Os meus pais querem que trabalhe na agricultura, a plantar batatas, mas eu desejo ser jogador de futebol. Sou avançado, chuto bem com os dois pés e quero vencer na vida a jogar futebol no Brasil», afirmou o adolescente de 17 anos, durante uma audiência no Tribunal de Menores.

Antes do regresso imposto à Guiné, cuja data ainda não foi divulgada pelo tribunal, o adolescente recebeu uma prenda muito especial. Acompanhado por funcionários judiciais assistiu ao desafio entre o Bahia e o Feirense. «A emoção de ver um estádio lotado e os adeptos a cantarem todos ao mesmo tempo é a coisa mais bonita que já vi», destacou o guineense.

foto: olhares.aeiou.pt

Etiquetas: ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 18:13 | # este post | # Comentários de mestre (1)
GOLO DA SEMANA
Esta semana premiamos com o golo da semana o grande remate de Di María.
O jovem Argentino remata de muito longe e surpreendendo Cássio, fazendo o terceiro para os "encarnados" numa noite com grandes golos no estádio da luz.
De referir que esta semana foi recheada de grandes golos.

Veja ou reveja o golo de Di María:

Etiquetas:

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 09:34 | # este post | # Comentários de mestre (2)
segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009
Liga Sagres, 18ª jornada

Resultados:
V. Setúbal-Académica, 2-1
(Robson 47', Laionel 86'; Lito 83')

Benfica-P. Ferreira, 3-2
(Cardozo 69', Ruben Amorim 73', Di María 87'; Ferreira 75', Chico Silva 90'+3)

Trofense-Naval, 2-2
(Valdomiro 32', Rui Borges 57'; Diego 21', Marinho 30')

Belenenses-Sporting, 1-2
(Marcelo 52'; Vukcevic 75', Postiga 79')

Sp. Braga-Leixões, 0-1
(Frechaut 80' a.g.)

Marítimo-E. Amadora, 1-0
(Ytalo 49')

Nacional-V. Guimarães, 3-0
(Nené 61 e 63', Ruben Micael 75)


Classificação e ''Top Ten'' dos melhores marcadores
























(clique na imagem para aumentar)

Etiquetas:

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 23:14 | # este post | # Comentários de mestre (2)
À lei da bomba na Luz
O Benfica venceu o Paços de Ferreira e continua a um ponto do F. C. Porto. Depois de uma primeira parte má, assistiu-se a um segundo tempo de loucos, com golos e uma bola no poste a evitar o empate no último minuto.

Depois de uma primeira parte sem golos, o Benfica foi a primeira equipa a marcar, ainda que sem ter conseguido criar muitas situações de perigo até ao momento. Aos 69 minutos, Cássio, que já tinha bril
hado na primeira parte ao defender um remate de cabeça de Aimar, acabou por falhar e oferecer o golo a Cardozo, que apenas teve de encostar para a o fundo da baliza. Logo a seguir, aos 73 minutos, Ruben Amorim aumenta a vantagem encarnada com um remate forte. O Paços de Ferreira conseguiu reagir e reduziu pouco depois, com Ferreira a rematar rasteiro para a baliza de Moreira.

Di Maria, que entrou
no decorrer da segunda parte, aumentou para três a um com um remate colocado. Porém, o Paços de Ferreira voltaria a assustar depois de Chico silva reduzir novamente para a equipa visitante. Com esta vitória, o Benfica continua a perseguição ao primeiro lugar, contando agora com 37 pontos.


Resumo do jogo:

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 10:40 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Porto regressa ás vitórias com Farías em grande
O FC Porto regressou esta noite às vitórias no estádio do Dragão, quase dois meses depois dos últimos três pontos conquistados, ao bater o Rio Ave por três bolas a uma, em jogo da 18.ª jornada da Liga Sagres. O jogo esteve empatado até aos últimos cinco minutos, altura em que Farías deu a vitória aos campeões nacionais.

Após uma série de resultados menos positivos em jogos no Dragão, que já durava desde Dezembro, o FC Porto entrou em campo determinado a resolver desde cedo a partida.

Depois de algumas oportunidades não concretizadas, o FC Porto chegou à vantagem com um golo de Lucho González, e no seguimento de uma grande penalidade, por falta assinalada sobre Farias.

Ainda nos primeiros quarenta e cinco minutos, de registar um lance que deixa algumas dúvidas, com Mariano a cabecear ao primeiro poste, ficando a incerteza se a bola entra, ou não, na baliza do Rio Ave.

No segundo tempo, um FC Porto totalmente diferente subiu ao relvado, talvez confrontado com o fantasma dos recentes resultados menos positivos, os dragões baixaram muito de produção e o Rio Ave até teve uma grande oportunidade com Fábio Coentrão a atirar ao poste.

O mesmo jogador não iria desperdiçar minutos depois e colocou a partida num empate num grande golo, em que o jovem jogador flecte da direita para o centro e remata cruzado, com Hélton a ficar a ver a bola entrar na baliza.

Jesualdo Ferreira lançou então Lisandro em campo, mas acabou por ser Farías o homem da noite, ao apontar os dois golos que deram a vitória aos dragões.

Primeiro, aos 86 minutos, Farías dá o melhor seguimento a um cruzamento de Bruno Alves, e depois, aos 89, marca depois de uma assistência de Lisandro.

O FC Porto assegura assim a liderança do campeonato por mais uma jornada, contando agora com 38 pontos.

fonte: sol

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 10:31 | # este post | # Comentários de mestre (0)
domingo, 15 de fevereiro de 2009
Liga Vitalis: resultados e classificação

Etiquetas:

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 19:40 | # este post | # Comentários de mestre (0)
Benfica e Porto entram hoje em acção
Benfica - Paços de Ferreira
Conquistado um ponto no Estádio do Dragão, o que se traduziu na manutenção da distância - atraso de um ponto - para o FC Porto, assim como a igualdade nos confrontos, o conjunto comandado por Quique Flores procura agora, frente ao Paços de Ferreira, rendibilizar o moral ganho na deslocação ao terreno dos portistas. O objectivo do Benfica é alcançar a décima vitória da temporada na Liga Sagres, ao mesmo tempo que aguardará ainda por um possível deslize do FC Porto diante do último classificado da Liga, tentando manter a sequência de jogos sem perder desde a Trofa. Quique Flores mudou então a forma de abordar as partidas - passa os jogos sempre em pé a corrigir os seus jogadores - e teve resultados, pois já lá vão oito jogos sem desaires, o que representa a melhor série de invencibilidade, uma sequência positiva que pode crescer esta noite.

As águias enfrentam um adversário que não vence desde a 15.ª jornada, frente ao Trofense, e que procura manter-se a salvo na luta para evitar a despromoção. Curiosamente, a formação comandada por Quique Flores defronta uma equipa da qual guarda boas recordações, pois o jogo da primeira volta representou a primeira vitória do técnico espanhol no Benfica, após três jogos sem ganhar - empates ante Rio Ave e FC Porto e derrota em Nápoles. Ainda assim, nem tudo foi fácil para o conjunto encarnado, pois o Paços de Ferreira vendeu cara a derrota, tendo sido mesmo a única equipa a marcar três golos na Liga ao clube da Luz. Aliás, apesar de ocupar apenas o 12.º lugar na tabela, a equipa de Paulo Sérgio tem um ataque concretizador, superiorizando-se à maioria dos concorrentes directos.

FC Porto - Rio Ave

Este é o caso em que faz todo o sentido começar a antevisão pelo óbvio. Quando se tenta perceber a diferença entre o FC Porto e o Rio Ave, a classificação apresenta todas as provas possíveis: é o primeiro contra o último e isso poderia ser suficiente para esperar uma vitória óbvia dos portistas no Dragão. Mas, este é também um jogo de detalhes que podem contrariar a tendência natural das coisas. Afinal, é nos jogos em casa que a equipa de Jesualdo tem perdido mais pontos: uma derrota e três empates (tem quatro vitórias). Aliás, os empates foram consentidos nos últimos...três jogos (Marítimo, Trofense e Benfica), havendo o registo de apenas um golo marcado. Parecem problemas a mais para um líder, mas qual é a equipa que não gostaria de os ter se estivesse no topo da classificação?

Para o FC Porto, esta é, aparentemente, a partida mais confortável antes de um ciclo complicado, com a recepção ao Sporting e a deslocação a Madrid como pontos altos. Mais: o histórico do Rio Ave desenha-se à medida das necessidades. Só marcou um golo fora de casa e, aliás, o melhor que conseguiu como visitante foi empatar. Duas vezes. Com o plantel remodelado no mercado de Inverno, Carlos Brito já recolheu frutos com a vitória conseguida no último jogo, frente à Académica, em casa.

Este jogo tem atracções suplementares para os adeptos da casa. Edson e Candeias, emprestados, poderão mostrar serviço a Jesualdo. Depois, será interessante apreciar o rendimento de Miguel Lopes, reforço do FC Porto para a próxima temporada.

Etiquetas: , , , , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 12:11 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sábado, 14 de fevereiro de 2009
Sporting de regresso às vitórias
O Sporting quebrou hoje uma série de três partidas sem vencer, ao bater o Belenenses, no Restelo, por duas bolas a uma, em jogo da 18.ª jornada da Liga Sagres. O Belenenses ainda esteve a vencer, mas o Sporting deu a volta com dois golos em menos de cinco minutos.

Há três jogos sem vencer, o Sporting deu hoje uma boa resposta à recente crise de resultados e venceu o Belenenses, no Restelo, por duas bolas a uma.

Os golos apenas surgiram no segundo tempo com Marcelo, que entrou ao intervalo, a apontar o primeiro golo do Belenenses, correspondendo da melhor forma a um cruzamento de Saulo na direita.

Paulo Bento colocou entrou Postiga na frente de ataque, rendendo Derlei, que veio a acabar por ser determinante para a vitória do Sporting.

Primeiro, o avançado fez um passe mortal para Vukcevic, que apenas teve de encostar à boca da baliza. Depois, aos 78 minutos, Postida deu o melhor seguimento a um excelente passe de Vukcevic, com o jogador do Sporting a picar a bola por cima de Júlio César.

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:58 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Braga derrotado com auto-golo
Uma infelicidade do internacional português Frechaut levou a que o Sp. Braga, depois da excelente vitória alcançada em Alvalade, perdesse, em casa, com a equipa ''sensação'' da Liga, o Leixões. A equipa de Matosinhos mantêm-se no pódio da classificação.

O Sp. Braga dominou largamente o jogo, e na primeira parte esteve próximo de marcar por intermédio de Renteria e César Peixoto, não fossem as defesas do tão aclamado guarda-redes Beto. O Leixões apenas atacou a baliza de Eduardo, num lance de Diogo Valente.

Na segunda metade, o Braga entrou novamente dominador, enquanto o Leixões limitava-se a fechar, diga-se, bem, os espaços da equipa adversária, esquecendo o ataque. No entanto, aos 79 minutos, na sequência de um cruzamento que parecia inofensivo, o defesa Frechaut introduz a bola na própria baliza, garantindo os três pontos para os matosinhenses.

Destaque ainda para as palavras do técnico Jorge Jesus no rescaldo do encontro, que afirmou não considerar Beto um guarda-redes suficientemente alto para ser um ''super-keeper''.

A.G Frechaut (79')

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:21 | # este post | # Comentários de mestre (1)
sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009
Uma "mentira" dita muitas vezes.....


Lá diz o povo que, uma mentira dita muitas vezes torna-se verdade.
Vem isto a propósito de Pablo Aimar. Não se trata de uma mentira, mas sim porventura de opiniões. Ou se quisermos de formas de ver as coisas que acabam por passar de boca em boca. É assim que nascem os mitos, as lendas.
No campo do marketing e da sociologia, o fenómeno dos “formadores de opinião” é muitas vezes abordado. Pessoas com influência, pessoas que têm acesso à comunicação a um nível macro, emitem pareceres opiniões e que acabam por ser tidas como verdades absolutas.
No campo de desporto e mais especificamente do futebol tenho assistido a isso de forma permanente relativamente ao argentino do Benfica, Pablo Aimar.

Muita fama, muito nome, muitas capas, muitos elogios. Produtividade??? Pouco mais de zero.
No fim-de-semana passado e na sequência do jogo entre Porto e Benfica, vi este fenómeno acontecer de forma genial.
Tudo começa durante o relato do jogo: jornalistas começam a elogiar o argentino, exaltando a sua exibição. Pq?? Não faço ideia! Eu nada vi que pudesse justificar tais elogios. Pior que isso, começo a ouvir após o final do jogo, quase todo o mundo a concordar com a qualidade da sua exibição.
Isto dá que pensar! Começo a pensar: bem se calhar se todos têm a mesma opinião, é então bastante provável que eu esteja errado!
Mas é que sinceramente eu não vi Aimar fazer uma grande exibição no Dragão!
Felizmente um jornal desportivo (que curiosamente considerou o argentino como o melhor nessa noite) traz um artigo com os dados estatísticos de Aimar nesse encontro. Não sendo o futebol uma ciência exacta e não estando habituados a olhar para números como se faz por exemplo no Basket ou no Basebol, é contudo importante analisar os mesmos. Acho que nos dão uma percepção muito boa sobre o rendimento. Vejamos então os números de Aimar nesse encontro:

Remates: 0
Cruzamentos: 2
Faltas Cometidas: 2
Faltas Sofridas: 2
Cantos Conquistados: 0
Golos: 0
Assistências p/ Golo: 0
Recuperações Bola: 1

Como é que alguém que tem estes números fez uma grande exibição?????!!! Como?? Alguém me explica??!!
Não rematou, nada de assistências para golo, não deu trabalho aos defesas / médios do adversário (que nem precisavam de fazer falta para lhe tirar a bola e recordo me que assim que encostavam nele logo lhe tiravam a bola ou ele caia no chão que nem uma flor) não pressionava (quando vejo médios a não pressionar e ao menos nem a fazer umas faltitas para impedir a progressão do adversário….), não….não….não fez nada!!

Nota: quem vier a este blog pela 1º vez e após ler este post, talvez pense que sou anti-benfiquista! Errado! Sou lampião e com muito orgulho mas odeio facciosismos! Este Aimar é uma fraude! Produto de Marketing!

Etiquetas:

Carlos Miranda & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 10:51 | # este post | # Comentários de mestre (10)
quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009
Portugal vence Finlândia
A Selecção Nacional venceu hoje a Finlândia, no Estádio do Algarve, por 1-0, num jogo de preparação para a qualificação do Mundial 2010. O golo foi obtido por Cristiano Ronaldo (78m), através de grande penalidade, num jogo que fez de Eduardo, Rolando e Orlando Sá internacionais.

O seleccionador Nacional, Carlos Queiroz, decidiu fazer algumas experiências. Testou Eduardo na baliza, Duda a defesa esquerdo, Rolando a defesa central e Pepe a médio defensivo. Mais tarde lançou o jovem ponta-de-lança Orlando Sá.

Depois da homenagem feita a Cristiano Ronaldo, e dos 20 mil espectadores presentes no Estádio do Algarve, esperava-se um jogo minimamente agradável. Tal não aconteceu. Portugal revelou as fragilidades do costume, ou seja, não criou verdadeiras oportunidades de golo. Mesmo assim, na primeira parte, Deco, Hugo Almeida e Nani tiveram chance de marcar, mas na baliza da congénere finlandesa permanecia um dos grandes guarda-redes mundias, Jaaskelainen.

Na etapa regulamentar, Carlos Queiroz coloca Raúl Meireles e Maniche, mas os efeitos desejados não surtiram. Portugal rematava muito mas não marcava. O defesa Miguel dava lugar a Paulo Ferreira, que dinamizou o lado direito do ataque português. Por ele, surgiu um cruzamento perfeito para Nani, que em boa posição não almejou a baliza. Minutos antes, o estreante Orlando Sá desperdiça igual oportunidade.

Foi então com uma grande penalidade que a Selecção das quinas chega ao golo. O recém-entrado Danny cava uma falta, e Ronaldo, na marcação, não perdoa. Com o golo marcado, ''CR7'' alcança a marca dos 22 golos, de Nené.

Até ao final, Portugal não mais ameaçou a baliza da Finlândia. No fim, fica a sensação que a Selecção de todos nós terá dificuldades para bater a Suécia, a 28 de Março.

foto: lusa

Etiquetas: , , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:46 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Brasil vence «derby do Mundo» com golaço de Robinho

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:20 | # este post | # Comentários de mestre (1)
Guus Hiddink é o substituto de Scolari
O Chelsea já encontrou o substituto do ex-seleccionador Nacional, Luiz Felipe Scolari. O nome escolhido é Guus Hiddink que irá ficar nos ''blues'' até ao final da presente temporada.

No anuncio oficial feito através do site oficial do Chelsea, é ainda possível ver que Hiddink acumulará dois cargos, o de treinador dos ''blues'' e o de seleccionador da Rússia.

O técnico de 62 anos sucede assim Scolari, que abandonou o clube de Londres pelos maus resultados.

Etiquetas: , , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:09 | # este post | # Comentários de mestre (0)
terça-feira, 10 de fevereiro de 2009
GOLO DA SEMANA
Mais uma semana, está de volta o golo da semana. Na jornada anterior não premiamos um golo por entendermos que não seria relevante devido a não existirem golos de boa qualidade.
Esta semana estamos de volta e o golo premiado é o de Chumbinho, jogador do Leixões.
O jogador brasileiro do Leixões tem aqui um remate de ressaca muito bom. Uma colocação de bola irrepreensível.

Veja ou reveja o golo:

Etiquetas:

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 19:36 | # este post | # Comentários de mestre (0)
segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009
Crónica de Diogo Sousa; Era uma vez mais em clássico, estragado por Pedro Proença...
Terminado mais um clássico decidi passar para o papel as minhas ilações do jogo.
Tal como na 2ª jornada, na Luz, este jogo terminou empatado a uma bola. Nos dois jogos o Porto beneficiou de duas penalidades. Dois penaltis, que quanto a mim, deixam muito a desejar. No jogo desta 17ª jornada a penalidade deixa mesmo muito a desejar, vi o jogo na companhia de alguns portistas, nenhum me soube dizer o motivo do penalti. Juro que não entendo a arbitragem em Portugal, não existe critério e organização. Mas isso é para ser discutido noutras ocasiões.
Note-se, que ontem vi uma boa atitude dos jogadores, com muito fair-play. O árbitro mais uma vez é que estragou a festa.

Quanto ao jogo, começou aberto, não muito táctico. Notava-se que desde cedo as equipas queriam fazer o 1º golo.
As oportunidades de golo foram muito repartidas. O Porto foi a primeira equipa a criar perigo por intermédio de Lucho com um cabeceamento, depois o Benfica respondeu com Reyes.
No término da 1ª parte o Benfica partiu para a vantagem com um canto marcado por Reyes e Yebda a encostar na área. O Benfica foi para o intervalo a vencer.

Na segunda parte o Benfica entrou pior muito por culpa de Hulk que encontrou mais espaço para os seus dribles. O incrível chegou mesmo a assustar Moreira mas de louvar um grande jogo de Sidnei que esteve muito bem na marcação ao Brasileiro.

Ao minuto 62’ surge quanto a mim o único erro de Quique no jogo. Quando decide colocar Di Maria para render o cansado Suazo. Na minha opinião teria de ser Cardozo ou Nuno Gomes a entrar. O Porto aproveita o Benfica não ter um ponto de referência no ataque e sobe muito no terreno.

No minuto 72’, o caso do jogo. Lisando força o contacto com Yebda e cai na área encarnada. De pronto Pedro Proença assina penalti para desagrado do povo encarnado. Um caso que ainda vai fazer correr muita tinta. Algo de errado se vai passando em Portugal na arbitragem e só meia dúzia de pessoas nota isso.
Na marcação do penalti, Lucho não falha e coloca um ponto final num jogo que ficaria morto pelo árbitro.

No final do jogo destaco quanto a mim a atitude de Jesualdo Ferreira na conferencia de imprensa dizendo firmemente que viu Yebda obstruir Lisando. É caso para dizer:” o pior cego é aquele que não quer ver”

Deste fim-de-semana ressalva-se a boa exibição do Braga em Alvalade, vencendo o Sporting por 2-3.
Nota final para dizer que seria produtivo os árbitros reunirem-se uns dias, verem que têm de melhorar para bem de todos.

Etiquetas: , , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 20:53 | # este post | # Comentários de mestre (2)
Portsmouth Tony Adams & Chelsea Scolari & Newcastle
Estimados Mestres do Futebol,

O ex-internacional e ex-Arsenal Tony Adams e treinador do Portsmouth foi dispensado dos seus serviços após conseguir lograr somente 2 de 26 pontos possíveis.

Scolari após trocar a selecção nacional lusa pelo Chelsea, foi igualmente despedido devido aos maus resultados apresentados.

Já se esperava desde o ínicio.

Perfilam-se Mancini, Avram Grant e Guus Hiddink.

Entretanto, o despedimento de um treinador consagrado justificadamente a nível de selecções coloca o actual posto de outros seleccionadores na corda bamba, ou seja, Dunga, vai tremer caso não consiga dar a volta à maré de exibições menos conseguidas no comando do Brasil e o jogo que se avizinha com a Itália não lhe será muito favorável.

No Portsmouth os nomes mais falados são os de Alan Curbishley ex-Charlton/West Ham e Avram Grant também cobiçado para retornar ao Chelsea.

Já no Newcastle, após o estado de saúde delicado de Joe Kinnear, parece que o mesmo só orientará os Magpies por mais alguns jogos, sendo que o mexicano Javier Aguirre, ex-Atletico Madrid mostrou-se interessado e foi inclusive abordado recentemente para tomar o leme da equipa de Tyneside.

Etiquetas: , , , , , , , , ,

Nelson Motta & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 02:46 | # este post | # Comentários de mestre (3)
domingo, 8 de fevereiro de 2009
Liga Sagres: FC Porto e Benfica deixam tudo na mesma


FC Porto e Benfica não foram além do empate a 1 golo, esta noite, no Estádio do Dragão. Os ''encarnados'' adiantaram-se no marcador por intermédio de Yebda (45'), mas os da casa igualaram por Lucho (72'), na marcação de uma grande penalidade inexistente.

Tanto «águias» como «dragões» proporcionaram um espectáculo emotivo de futebol e o resultado espelhou o que se passou dentro das quatro linhas.

A jogar em casa, o FC Porto dispôs, na primeira parte, apesar do equilíbrio sentido, das melhores oportunidades para marcar, com Lucho e Lisandro a serem os protagonistas. O Benfica, mesmo assim, jogou um bom futebol e Reyes rematou duas vezes para atenção de Heltón. O golo dos ''encarnados'' surgiria, no entanto, por intermédio de Yebda que aproveita da melhor forma o canto batido pelo lado direito de Reyes. O intervalo chegava com a vantagem para o Benfica.

No reatamento da partida, o FC Porto entrou, como era esperado, mais atacante, mas o Benfica pensou melhor e controlou os ritmos de jogo, não deixando ao seu adversário criar verdadeiras oportunidades de perigo. Aimar era o espelho do controlo ''encarnado''.

Até que ao minuto 71, o árbitro Pedro Proença comete um erro clamoroso, ao assinalar grande penalidade sobre Lisandro Lopez, cometida por Yebda. No lance, é visível que o argentino força claramente a queda, sendo que o juiz da partida estava bem colocado. Na conversão, Lucho Gonzalez não falha e empata para o FC Porto. Até ao final do jogo, nenhuma das equipas quis mudar o resultado, mantendo-se o 1-1 até ao fim dos noventa minutos.

Com este resultado, FC Porto e Benfica mantêm-se afastados por um ponto, sendo que na próxima semana os ''encarnados'' vão a Alvalade jogar com o rival Sporting.

FICHA DE JOGO

Liga, 17ª jornada
8 de Fevereiro de 2009
Estádio do Dragão, no Porto
Assistência: 50.110 espectadores

Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)
Assistentes: Tiago Trigo e Ricardo Santos
4º árbitro: João Capela

F.C. PORTO: Helton; Fucile, Rolando, Bruno Alves e Cissokho; Lucho «cap», Fernando e Raul Meireles; Lisandro, Hulk e Rodriguez
Substituições: Raul Meireles por Mariano (65m) e Lisandro por Farías (87m)
Não utilizados: Nuno, Pedro Emanuel, Stepanov, Guarin e Tomás Costa
Treinador: Jesualdo Ferreira

BENFICA: Moreira; Maxi Pereira, Luisão «cap», Sidnei e David Luiz; Ruben Amorim, Yebda, Katsouranis e Reyes; Aimar e Suazo
Substituições: Suazo por Di Maria (61m), Reyes por Nuno Gomes (86m) e Aimar por Carlos Martins (90m)
Não utilizados: Quim, Cardozo, Binya e Jorge Ribeiro
Treinador: Quique Flores

Ao intervalo: 0-1
Marcadores: Yebda (45m) e Lucho (72m, g.p.)
Disciplina: cartão amarelo a Fernando (50m), Maxi Pereira (51m), Katsouranis (63m) e Yebda (70m)


Notas Mestres do Futebol (notas de 0/5):

Melhor em campo: Pablo Aimar-nota 5: esta distinção também podia caber a Lucho, mas o pequeno 10 foi o homem-chave na noite encarnada, ao pautar os ritmos de jogo, com passes magistrais. Na melhor condição física, é craque!

Melhor do FC Porto: Lucho Gonzalez-nota 5: o argentino pareceu voltar aos bons velhos tempos, e rubricou uma excelente exibição, com passes, remates e tudo mais às mil-maravilhas. Faltou o golo!

Jesualdo Ferreira: nota 4: o professor esteve à altura do clássico e soube tirar o melhor partido dos seus craques. A nota não é máxima, porque a entrada de Mariano no jogo pouco ou nada deu ao FC Porto.

Quique Flores: nota 5: estudou bem a lição e o Benfica foi ao Dragão com um futebol que não se via há algum tempo. Não teve receio, e a nível táctico esteve brilhante.

Pedro Proença (árbitro): nota 1: não merece outra nota. Ditou o resultado final do jogo com uma grande penalidade inexistente, e equivocou-se demasiadas vezes, com faltas simples de ajuizar.

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:21 | # este post | # Comentários de mestre (2)
Liga Sagres: Sporting desliza em Alvalade
O Sporting de Braga ganhou hoje por 3-2 ao Sporting, no estádio de Alvalade, em Lisboa, em jogo da 17ª jornada da Liga portuguesa de futebol. Os bracarenses subem ao quinto lugar, em igualdade pontual com o Nacional, com 29 pontos

Os minhotos ficam a dois pontos de Leixões e Sporting, que ocupam o terceiro lugar, com 31 pontos.

Depois de uma primeira parte sem golos Meyong abriu o marcador, para o Sporting de Braga, aos 59 minutos. Volvidos dez minutos o Sporting empatou, por Derlei.

Renteria, aos 81 minutos, e Mossoró, num lance que deixou dúvidas, colocaram o marcador em 1-3, antes de Izmailov reduzir, aos 90+2.

in: Sol/Lusa
foto: sporting.pt

Etiquetas: , ,

Pedro Magalhães & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 22:03 | # este post | # Comentários de mestre (0)
O jogo que pára Portugal; Porto vs Benfica
FC Porto e Benfica vão medir forças naquele que será um dos jogos mais escaldantes desta temporada. Os dragões voltam a alinhar com os habituais titulares, enquanto que no Benfica é esperado o regresso de Suazo ao onze inicial. A diferença entre ambos é de um ponto a favor dos dragões e a vitória de qualquer uma das equipas dá a liderança no campeonato. A lotação está esgotada e o pontapé de saída será às 19h45. ASSISTA AO CLÁSSICO, EM DIRECTO, AQUI!

O histórico de confrontos num passado recente é totalmente favorável ao FC Porto. Os dragões ganharam as últimas 2 partidas para o campeonato em casa com o Benfica, e conseguiram ainda uma impressionante marca de 12 vitórias nos últimos 14 encontros. A última vitória dos encarnados aconteceu há 3 épocas por 2-0, com Nuno Gomes a apontar ambos os golos do Benfica.
Os dragões levam dois jogos sem vencer em casa para o campeonato e sem conseguirem marcar qualquer golo. A última vitória foi no dia 1 de Dezembro de 2008 diante da Académica. O Benfica já não vence, nem marca fora de portas desde a goleada por 6-0 ao Marítimo. De realçar que os encarnados perderam apenas 3 dos últimos 33 jogos realizados fora para o campeonato nacional.

Etiquetas: , ,

Diogo Sousa & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 14:06 | # este post | # Comentários de mestre (0)
sábado, 7 de fevereiro de 2009
Jose Mourinho vs Cristiano Ronaldo

Choque de valores, choque de ideias, choque de humildades e arrogâncias, perspectivas diferentes ou mentores outros. Assim, está Cristiano Ronaldo para Mourinho e no sentido inverso.

Aproxima-se um dos choques de titãs mais aguardados da temporada opondo José Mourinho a Alex Fergusson ou potencialmente o choque entre Mourinho e Ronaldo.

É já no próximo dia 24 de Fevereiro que o mundo vai seguir esta partida com múltiplas ofertas de entretenimento desportivo.

Enquanto Mourinho joga fora das quatro linhas orquestrando uma psicologia muito própria que patrulha a psicologia inversa e idioma de perspicácia assente nas entrelinhas, Ronaldo, peixe fora de água, tenta responder com a sua juventude e com o crescimento vertiginoso que foi promovido pelo mentor e respectivo representante.

Tudo culminou quando Mourinho, quando questionado sobre o veredicto final do prémio da FIFA para o melhor jogador do ano, e o treinador português mencionou que o médio ala madeirense estaria a ser sobrevalorizado, e muitas vozes corroboraram da mesma situação, principalmente do país vizinho, começando por Marcos Senna. Mourinho rematou, igualmente, que o internacional sueco que milita no Internazionale, Zlatan Ibrahimovic seria de longe superior a Cristiano Ronaldo e que mereceria muito mais o galardão.

Ronaldo, na época transacta, havia ganho a Liga dos campeões e foi Bota de Ouro, algo inédito para um jogador que actua na posição natural de Ronaldo, e pressões muitas surgiram entre o valor circunstancial elevado do português e os restantes oponentes desde os jogadores campeões europeus de futebol, por selecções e Messi, por exemplo.

O jogador madeirense, formado nas canteras do Sporting e Manchester United frisou recentemente em entrevista aos órgãos de comunicação social italiano que “…Eu respeito a opinião de todos, porém os troféus que contam estão em minha casa expostos…”.

“O Internazionale tem uma equipa forte, com alguns jogadores fantásticos, mas nós somos melhores que eles e copiosamente acredito que vamos eliminá-los. Eliminar uma equipa como o Internazionale vai permitir-nos dar um grande passo para a Final da competição.

Cristiano Ronaldo questionado sobre a recente transferência sobre o seu antigo companheiro Ricardo Quaresma para o Chelsea, “Ricardo é um talento nato e foi um pecado não terem proporcionado a ele o tempo suficiente para demonstrar o seu valor. Provavelmente, aconteceu devido ao facto da sua transferência ter sido em valores muito elevados e existiu muita pressão em Itália para que ele tivesse grandes desempenhos no imediato. Agora não será muito fácil para ele recuperar destes percalços todos.”

Cristiano Ronaldo vs José Mourinho & Títulos:

* Campeonato Inglês: 2006/2007, 2007/2008

* Campeonato Inglês - 2º Lugar: 2005/2006

* FA Cup: 2003/2004

* FA Cup - 2º Lugar: 2004/2005, 2006/2007

* League Cup: 2005/2006

* FA Community Shield: 2007

* Liga dos Campeões: 2007/2008

* Campeonato Mundial de Clubes: 2008

Prémios Individuais

* Bravo Award 2004

* Equipa do Torneio UEFA EURO 2004

* UEFA Team of the Year 2004

* 2º Melhor Jovem Jogador do Mundo (Tuttosport) 2004

* 12º Melhor Jogador do Mundo 2004

* 20º Lugar Bola de Ouro (France Football) 2005

* 20º Melhor Jogador do Mundo 2005

* 5º Melhor Jovem Jogador do Mundo (Tuttosport) 2005

* Jogador Jovem do ano FIFPro 2005

* Equipa do Ano da Premier League 2005/2006

* Jogador Jovem do ano FIFPro 2006

* 2º lugar na eleição do melhor jogador jovem

do mundial de 2006

* Melhor Jogador Jovem da Liga Inglesa 2006

* 14º Lugar Bola de Ouro (France Football) 2006

* 10º Melhor Jogador do Mundo 2006

* Equipa do Ano da Premier League 2006/2007

* Futebolista Português do Ano 2006/2007

* Onze Ideal FIFPro 2006/2007

* Melhor Jogador Jovem da Liga Inglesa 2007

* Melhor Jogador da Liga Inglesa 2007

* Melhor Jogador actuar na Liga Inglesa (2007) pela Associação de Jornalistas de Futebol (FWA).(Votação restringida ao Reino-Unido)

* 2º Lugar Bola de Ouro (France Football) 2007

* 3º Melhor Jogador do Mundo 2007

* UEFA Team of the Year 2007

* Melhor Jogador da Liga Inglesa 2008

* Miss Futball Ungle

* Equipa do Ano da Premier League 2007/2008

* Bota de Ouro Barclays 2007/2008 (Melhor marcador da Premier League)

* Prémio de Mérito Barclays 2007/2008

* Melhor jogador da Liga dos Campeões 2007/2008

* Melhor Avançado da Liga dos Campeões 2007/2008

* Bota de Ouro (France Football) 2007/2008

* Onze Ideal FIFPro 2007/2008

* Jogador do Ano FIFPro 2007/2008

* Bota de Prata Campeonato Mundial de Clubes da FIFA 2008

* Vencedor Bola de Ouro (France Football) 2008

* FIFA World Player:2008

2007-08 Manchester United 34J 31G

2006-07 Manchester United 34J 17G

2005-06 Manchester United 33J 9G

2004-05 Manchester United 33J 5G

2003-04 Manchester United 29J 4G



José Mourinho vs Cristiano Ronaldo & Títulos:

FC Porto

* Campeonato Português(2): 2002/2003 e 2003/2004

* Taça de Portugal(1): 2002/2003

* Supertaça portuguesa(1): 2003/2004

* Taça UEFA(1): 2002/2003

* Liga dos Campeões(1): 2003/2004

Chelsea FC

* Campeonato inglês/Premier League(2): 2004/2005 e 2005/2006

* Taça da Liga Inglesa(2): 2004/2005 e 2006/2007

* Supertaça de Inglaterra(1): 2005

* Taça da Inglaterra (1): 2006/2007

Inter de Milão

· Supertaça Italiana (1): 2008

Considerado o 6º melhor treinador de sempre da historia do futebol numa tão breve, mas auspiciosa carreira.

3 épocas eleito melhor treinador do ano.

J V E D Vit.% Emp.% Derrota %

S.L. Benfica 11 6 3 2 54.55 27.27 18.18

U.D. Leiria 31 17 10 4 54.84 32.26 12.9

F.C. Porto 123 87 21 15 70.73 17.07 12.2

Chelsea 185 131 36 18 70.81 19.46 9.73

Inter 27 17 6 4 62.96 22.22 14.81

Total 377 258 76 43 68.44 20.16 11.41





Etiquetas: , , ,

Nelson Motta & Mestres do Futebol 2009. Proibida a reprodução.
# 23:34 | # este post | # Comentários de mestre (2)

Copyright Mestres do Futebol. Todos os Direitos reservados.
Optimizado para Mozilla Firefox 3.5.2